Evento poderá ser realizado em junho ou até em outubro, dizem organizadores

Considerado um dos eventos automotivos mais movimentados dos Estados Unidos e por décadas realizado sempre no mês de janeiro, o Salão de Detroit trocará de data na edição programada para 2020. Conforme adiantam os organizadores do evento, a mudança terá como objetivo evitar concorrência com a CES (badalada feira de tecnologia realizada em Las Vegas na mesma época) e evitar a fuga de público. Uma nova data ainda não foi definida, mas os meses de junho e outubro são os mais cogitados.

Saiba mais:

"Discussões estão em andamento com os principais interessados em todo o mundo", disse o porta-voz Max Muncey. Além disso, uma mudança de nome também vem sendo discutida e pelo menos 12 opções vêm sendo avaliadas.

Todas as novidades, vale lembrar, serão implementadas apenas em 2020, já que a edição do ano que vem está confirmada tradicionalmente para janeiro (do dia 14 ao dia 27). No entanto, terá grandes baixas, uma vez que marcas como BMW, Audi, Mercedes-Benz, Volvo, Mini, Jaguar, Land Rover, Maserati e Ferrari já anunciaram que ficarão de fora.

Fonte: The Detroit News