Novos flagras do SUV compacto mostram testes no circuito de Nürburgring, com suspensão baixa e rodas grandes

A Volkswagen continua investindo no segmento de SUVs e prepara o T-Cross, modelo que usará a mesma plataforma MQB-A0 do Polo. Como a apresentação será no segundo semestre, incluindo o Salão de São Paulo, a fabricante segue testando o crossover para ajustar os últimos detalhes. Desta vez, foi avistado em Nürburgring Nordschleife, o lendário circuito na Alemanha, muito utilizado pelas fabricantes para avaliar a dinâmica de seus veículos. 

O SUV veste basicamente a mesma camuflagem de outros flagras recentes. Então, qual a novidade? Bom, o fato de estar rodando em Nürburgring pode indicar uma possível versão esportiva, o que de fato é comprovado pelo conjunto de suspensão rebaixado e pelas rodas grandes (que aparentam ser aro 18") com pneus de perfil baixo. É sem dúvida um pacote diferente do que havia sido flagrado até o momento, tanto na Europa quanto aqui no Brasil.    

Volkswagen T-Cross 2019 - Novos flagras

Por ser derivado do Polo, o T-Cross terá à disposição a mesma gama de motores do hatch. Na Europa, isso inclui desde o 1.0 TSI de 95 cv ou 115 cv até o 2.0 TSI de 200 cv da versão esportiva GTI, além de alguns diesel. No Brasil certas fontes ligadas à marca afirmam que o modelo terá, além do 1.0 TSI de 128 cv de Polo e Virtus, o 1.4 TSI de 150 cv do Golf nas versões topo de linha. Já para o T-Cross de entrada é cotado o motor 1.6 MSI de 117 cv, este apenas com câmbio manual. 

Duas duas, uma: o T-Cross avistado no circuito alemão pode estar equipado com o novo 1.5 TSI do Golf europeu ou com o próprio 2.0 TSI - uma versão com 115 cv como a 1.0 TSI não justificaria esse conjunto de rodas e pneus, bem como a suspensão mais baixa. No Brasil a VW já antecipou que terá uma versão esportiva chamada GTS para Polo e Virtus, com possível aplicação do 1.4 TSI. Ou seja, pode estar nos planos também um GTS para o T-Cross.  

Leia também:

Seja como for, o T-Cross promete fazer barulho quando for lançado. Será a primeira aposta da VW no crescente segmento de SUVs compactos, que finalmente vai colocar a marca alemã na briga contra Honda HR-V, Jeep Renegade, Hyundai Creta, Nissan Kicks e outros. Assim como o Polo, vai investir em tecnologias como o quadro de instrumentos digital e a central multimídia de 8". 

 

Após a apresentação no Salão do Automóvel, em novembro, a produção do T-Cross terá início em janeiro de 2019 na fábrica de São José dos Pinhais (PR), com chegada às lojas em seguida. 

Fotos: Automedia, CarPix

Galeria: Volkswagen T-Cross 2019 - Novos flagras