Picape perde capota marítima de série

Sem fazer alarde, a Chevrolet começou a oferecer a linha 2019 da Montana. Ao invés de ganhar equipamentos para justificar o aumento nos preços, a picape perdeu a capota marítima na versão básica LS. Ainda assim, a GM elevou os valores em R$ 800 na configuração mais barata, para R$ 49.890, enquanto a mais cara foi para R$ 60.490, R$ 1 mil a mais.

Leia também:

Chevrolet Montana 2018

A única alteração feita na Chevrolet Montana 2019 foi a retirada da capota marítima de série. A versão LS da picape segue equipada com direção hidráulica, rodas de 15 polegadas, banco do motorista com ajuste de altura, protetor de caçamba, preparação para sistema de som e degrau lateral. O modelo topo de linha é a Montana Sport, com ar-condicionado, rádio com conexão Bluetooth e entrada USB, rodas de liga leve de 16 polegadas, alarme, faróis de neblina, rack de teto, capota marítima, controle de cruzeiro, faróis com máscara negra e adesivos na coluna.

Chevrolet Montana 2018

Segue com apenas uma motorização, formada pelo motor 1.4 EconoFlex de 99 cv a 6.000 rpm e 13 kgfm de torque a 3.200 rpm, com etanol. A única opção de transmissão é a manual de 5 marchas. Segundo os dados do Conpet, a picape faz 7,9 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada com etanol, pulando para 11,7 km/l e 13,4 km/l com gasolina, respectivamente.

Fotos: Divulgação

Galeria: Chevrolet Montana 2018