Medida foi justificada pela marca como forma de "adequar o volume de produção às flutuações do mercado"

A General Motors anuncia na Argentina que deverá paralisar por pelo menos uma semana a produção da linha Chevrolet Cruze. A medida foi justificada pela marca como forma de "adequar o volume de produção às recentes flutuações do mercado" - na prática, uma combinação de baixa demanda e altos estoques. Produzido na fábrica de Alvear, nos arredores de Santa Fe, o modelo abastece todo Mercosul e sai das linhas de montagem nas carrocerias hatchback e sedã. A expectativa é que as atividades sejam suspensas entre os dias 27 de abril e 7 de maio.

Leia também:

Chevrolet Cruze Sport6 2018

Não por acaso, a paralisação na Argentina é anunciada poucos dias depois de medida semelhante ter sido adotada nos Estados Unidos. Por lá, a GM confirmou que a partir de 18 de junho passará a montar o Cruze na fábrica de Ohio em apenas um turno de operação, tendo em vista as baixas vendas registradas nos últimos meses - no acumulado até março, o recuo é de consideráveis 26%. Assim como outros sedãs, o modelo sofre com o avanço dos SUVs, os novos queridinhos do mercado.

Fonte: Autoblog Argentina

Galeria: Chevrolet Cruze 2017