Série 5 lidera na faixa superior

Aumento de domínio do líder na faixa de entrada, troca de posições na faixa superior, um luxuoso alemão registrando o maior crescimento entre os modelos mais caros. Confira agora todos os destaques de 2017 entre os sedãs Premium.

 

Leia também:

SEDÃS MÉDIOS

As vendas de sedãs médios premium perderam espaço em 2017. Foram menos de 14 mil unidades registradas, 7,2% abaixo de 2016. O que não mudou foi o Classe C em destaque. Líder pelo 3º ano consecutivo, o Mercedes foi o preferido por 4.883 consumidores e atingiu quase 35% de participação de mercado – somados, todos os modelos da marca alemã nas duas categorias responderam por quase 40% de tudo o que foi vendido.

Em baixa de 11,2%, o BMW Série 3 (3.396) viu a desvantagem em relação ao rival crescer para quase 1,5 mil unidades, contra pouco mais de 600 unidades no ano anterior. Mas a pior situação foi do Audi A3 Sedan (2.819), com retração de quase 24%, que viu a diferença para o Classe C superar as duas mil unidades.

 

Mesmo com nova geração, o Audi A4 (1.072) não saiu do quarto lugar, mas pelo menos foi o único entre os cinco primeiros a crescer na casa dos dois dígitos (+12,1%). O Mercedes CLA (598) manteve a quinta posição, mas desta vez com bem menos folga em relação ao Audi A5 (456).

Único a registrar avanço em 2016, o Jaguar XE (364) também perdeu espaço (-22,6%). Nono colocado na última lista, o BMW Série 4 ampliou suas vendas em mais de 50% e deixou para o Volvo S60 (150), em baixa superior a 40%, a inglória lanterna, já que o Lexus IS250 encerrou 2017 sem um único emplacamento.

Sedãs Médios Premium

 

POS.

MODELO

TOTAL 2017

% TOTAL 2017

TOTAL 2016

% TOTAL 2016

% VARIAÇÃO 17/16

POS. 2016

MERCEDES-BENZ CLASSE C

4883

34,89%

4485

29,74%

8,87%

BMW SÉRIE 3

3396

24,27%

3824

25,36%

-11,19%

AUDI A3 SEDÃ

2819

20,14%

3683

24,42%

-23,46%

AUDI A4

1072

7,66%

956

6,34%

12,13%

MERCEDES-BENZ CLA

598

4,27%

750

4,97%

-20,27%

AUDI A5

456

3,26%

487

3,23%

-6,37%

JAGUAR XE

364

2,60%

470

3,12%

-22,55%

BMW SÉRIE 4

257

1,84%

171

1,13%

50,29%

VOLVO S60

150

1,07%

253

1,68%

-40,71%

 

 

13995

100,00%

15079

100,00%

-7,19%

 

 

SEDÃS GRANDES

A faixa mais sofisticada teve um novo líder em 2017. Preferido dos (ricos) consumidores da categoria em 2015, a nova geração do BMW Série 5 (367) praticamente triplicou as vendas do ano anterior e assumiu a ponta com mais de 35% de participação de mercado.

Mais vendido em três dos últimos cinco anos (2013, 2014 e 2016), o Mercedes Classe E (330) caiu para segundo, mas bem próximo do rival. Vice-líder em 2016, o Audi A6 recuou quase 55%, mas completou seu segundo ano seguido no pódio.

 

Além do líder, o outro grande destaque do segmento foi o Porsche Panamera (72), cuja alta nas vendas (+243%), a maior das duas categorias, permitiu ao mais luxuoso modelo da marca alemã saltar da 12ª posição para o quarto lugar. O Jaguar XF (43), quarto em 2016, perdeu mais da metade de seus compradores e caiu para quinto.

Muito próximo do Audi A7 (33), o BMW Série 7 (31) avançou quase 15% e emplacou praticamente o dobro do arquirrival Mercedes Classe S (17), que caiu do quinto para o oitavo lugar graças a uma retração de mais de 70%. Também em ano fraco, o Mercedes CLS (16) – cuja nova geração já foi apresentada – por pouco não perde o nono lugar para o Audi A8 (13).

Sedãs Grandes Premium

 

POS.

MODELO

TOTAL 2017

% TOTAL 2017

TOTAL 2016

% TOTAL 2016

% VARIAÇÃO 17/16

POS. 2016

BMW SÉRIE 5

367

35,22%

125

12,66%

193,60%

MERCEDES-BENZ CLASSE E

330

31,67%

252

25,53%

30,95%

AUDI A6

84

8,06%

185

18,74%

-54,59%

PORSCHE PANAMERA

72

6,91%

21

2,13%

242,86%

12º

JAGUAR XF

43

4,13%

96

9,73%

-55,21%

AUDI A7

33

3,17%

34

3,44%

-2,94%

BMW SÉRIE 7

31

2,98%

27

2,74%

14,81%

10º

MERCEDES-BENZ CLASSE S

17

1,63%

63

6,38%

-73,02%

MERCEDES-BENZ CLS

16

1,54%

48

4,86%

-66,67%

10º

AUDI A8

13

1,25%

23

2,33%

-43,48%

11º

11º

LEXUS ES350

11

1,06%

44

4,46%

-75,00%

12º

JAGUAR XJ

6

0,58%

8

0,81%

-25,00%

15º

13º

MASERATI GHIBLI

5

0,48%

5

0,51%

0,00%

18º

14º

KIA QUORIS

4

0,38%

7

0,71%

-42,86%

16º

15º

VW CC

4

0,38%

36

3,65%

-88,89%

16º

BMW SÉRIE 6

2

0,19%

8

0,81%

-75,00%

14º

17º

HYUNDAI GENESIS

2

0,19%

3

0,30%

-33,33%

19º

18º

MASERATI QUATTROPORTE

1

0,10%

2

0,20%

-50,00%

20º

19º

ROLLS-ROYCE PHANTOM

1

0,10%

0

0,00%

-

-

 

 

1042

100,00%

987

100,00%

5,57%

 

EM DEZEMBRO

O Série 3 completou três meses consecutivos como líder na faixa de entrada. Em alta de quase 4% sobre 2016, o BMW emplacou 361 unidades e abriu um pouco mais de vantagem sobre o Audi A3 Sedan (288), mesmo com um avanço de quase 60%.

O Classe C foi novamente o ponto negativo. Com 205 unidades, o líder em 2017 fechou o último mês do ano perdendo quase 60% de seus compradores. O A5, por sua uma vez, foi o destaque da Audi: com 138 emplacamentos, o modelo novamente deixou o A4 (125) para trás graças ao seu desempenho mais forte desde 2009, ano de lançamento no país.

Mercedes CLA (60) e Jaguar XE (49), este em seu melhor mês desde março de 2016 (60), repetiram as posições de novembro. Lanterna no último ranking, o Volvo S60 (12) trocou de lugar com o BMW Série 4 (10), ambos com quedas superiores a 33% nos últimos doze meses.

Sedãs Médios Premium

POS.

MODELO

DEZ/17

NOV/17

DEZ/16

% DEZ 17

% NOV 17

VARIAÇÃO DEZ/NOV

VARIAÇÃO 2017/2016

BMW SÉRIE 3

361

281

345

28,93%

29,24%

28,47%

4,64%

AUDI A3 SEDÃ

288

214

184

23,08%

22,27%

34,58%

56,52%

MERCEDES-BENZ CLASSE C

205

204

483

16,43%

21,23%

0,49%

-57,56%

AUDI A5

138

97

4

11,06%

10,09%

42,27%

3350,00%

AUDI A4

125

70

150

10,02%

7,28%

78,57%

-16,67%

MERCEDES-BENZ CLA

60

63

71

4,81%

6,56%

-4,76%

-15,49%

JAGUAR XE

49

16

32

3,93%

1,66%

206,25%

53,13%

VOLVO S60

12

7

18

0,96%

0,73%

71,43%

-33,33%

BMW SÉRIE 4

10

9

22

0,80%

0,94%

11,11%

-54,55%

 

 

1248

961

1309

100,00%

100,00%

29,86%

-4,66%

Após meio ano seguido na liderança da faixa mais sofisticada, o BMW Série 5 (29) perdeu a posição de honra para o Mercedes Classe E (35), em seu melhor desempenho no 2º semestre. O grande destaque, no entanto, foi outro alemão. O Porsche Panamera, com 21 unidades, não vendia tanto desde dezembro de 2011 (27).

 

Repetindo as mesmas 10 unidades de 2016, o Audi A6 caiu para o quarto lugar, mas com boa folga sobre um Mercedes Classe S (3) em seu melhor momento no ano. Com o Audi A8 (2) em sétimo, BMW Série 7 e Jaguar XF dividiram a última posição com um emplacamento cada.

Sedãs Grandes Premium

POS.

MODELO

DEZ/17

NOV/17

DEZ/16

% DEZ 17

% NOV 17

VARIAÇÃO DEZ/NOV

VARIAÇÃO 2017/2016

MERCEDES-BENZ CLASSE E

35

29

33

34,31%

25,44%

20,69%

6,06%

BMW SÉRIE 5

29

49

8

28,43%

42,98%

-40,82%

262,50%

PORSCHE PANAMERA

21

13

4

20,59%

11,40%

61,54%

425,00%

AUDI A6

10

18

10

9,80%

15,79%

-44,44%

0,00%

MERCEDES-BENZ CLASSE S

3

0

4

2,94%

0,00%

-

-25,00%

AUDI A8

2

2

5

1,96%

1,75%

0,00%

-60,00%

BMW SÉRIE 7

1

1

1

0,98%

0,88%

0,00%

0,00%

JAGUAR XF

1

2

6

0,98%

1,75%

-50,00%

-83,33%

 

 

102

114

71

100,00%

100,00%

-10,53%

43,66%

Fonte: Fenabrave

Galeria: Mercedes-Benz Classe E 220 d