SUV chega ao mercado americano importado da India

Foi para atender as exigência dos públicos europeu e norte-americano que a Ford fez mudanças profundas no EcoSport. O SUV compacto que nasceu no Brasil agora tem melhor construção, equipamentos e acabamento para atender mercados que exigem mais dos produtos. Além disso, a concorrência é pesada nessas localidades, com mais opções do que há no Brasil. Depois de 14 meses de sua revelação, o Ford EcoSport chega ao mercado americano com duas opções de motores e quatro versões. 

Leia também:

Produzido na India, o EcoSport é vendido nos EUA com o motor 1.0 EcoBoost (125 cv e 17,3 kgfm de torque a 3.000 rpm) e o 2.0 aspirado com injeção direta (168 cv e 20,6 kgfm), o mesmo que equipa o SUV no Brasil, mas usando apenas gasolina. Ambos estão ligados ao câmbio automático de 6 marchas em todas as versões, com tração integral na 2.0. 

Ford EcoSport nos EUA

As versões são a S (US$18.490 com motor 1.0 e US$19.990 com o 2.0), SE (US$21.400 e US$22.900, respectivamente), Titanium (US$24.235 e US$25.735) e SES, com visual e acerto de suspensão mais esportivos, apenas com o motor 2.0, por US$25.235. 

Ford EcoSport nos EUA
Ford EcoSport nos EUA
Ford EcoSport nos EUA

Em equipamentos, o EcoSport americano é parecido com o nosso, oferecendo aviso de ponto cego, teto-solar, sistema multimídia SYNC3, sistema de som premium e aviso de tráfego traseiro, entre outros. Curiosamente, o estepe na tampa traseira é um opcional. 

Galeria: Ford EcoSport reestilizado 2018