Moto chegou ao mercado há pouco mais de 10 anos

Dentro da linha de motos da Honda, há uma série de modelos, como a CG e o scooter PCX, que vendem bem. Mas, quando o assunto é preço, nenhuma delas bate a Pop 110i, a mais barata da marca japonesa, de R$ 5.570. Lançada em 2006, com chegada ao mercado em 2007, está comemorando as 1 milhão de unidades produzidas em Manaus (AM), um número de respeito.

Leia também:

Sua principal finalidade é atender o público urbano com um produto mais acessível. Para isso, chegou com um projeto cheio de simplicidade, dividindo o chassi, motor, suspensão de freios com a Biz, sendo que a única diferença é o visual e e presença da embreagem manual na Pop. Há dois anos, a Pop adotou um novo motor, 110cc, com injeção eletrônica, 7,9 cv e 0,9 kgfm de torque, ligado ao câmbio de 4 marchas. 

Honda Pop 110i

Moto favorita do nordeste do Brasil, vende mais que o scooter PCX no total, mas ainda menos que a clássica e respeitada CG. Até novembro, foram emplacadas 69.747 unidades, segundo a Fenabrave.

Fotos: Divulgação