Marca traz Série 7 diesel para ensaios com tecnologias em Santa Catarina

O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da BMW no Brasil fará ensaios com sistemas semi-autônomos. Os testes serão realizados com uma unidade do Série 7, na versão 730xDrive com motor diesel, enviado pela matriz para o centro em Santa Catarina. A marca adianta que esse modelo veio somente para testes e que não será oferecida por aqui.

Leia também:

“Com a chegada do BMW 730xDrive, uma versão a diesel do BMW Série 7 comercializada em outros mercados, vamos ampliar as pesquisas voltadas a tecnologias de assistência de direção no Brasil”, afirma Dr. Stefan Fikar, gerente sênior de Sistemas Eletrônicos da BMW Brasil. O centro de P&D em Santa Catarina já trabalha com outras tecnologias, como de navegação e de assistência à condução, como alerta de ponto cego, controle de cruzeiro adaptativo, reconhecimento de placas de trânsito, visão noturna e outros. Os dados obtidos aqui são usados pela matriz para aperfeiçoar os dispositivos.

 

 

Inaugurado em 2015, o Centro de P&D da BMW em Santa Catarina é utilizado para testar carros para todos os mercados, adequando os veículos aos mais variados tipos de situações, estradas e condições climáticas. A marca tem centros similares na Alemanha, Áustria, China, Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos.

 

 

A atual geração do BMW Série 7 chegou ao Brasil em maio de 2016, somente na versão 750Li M Sport, vendida por R$ 759.950. O sedã de luxo traz alguns itens semi-autônomos, como a função que permite ao carro estacionar sozinho em uma vaga apertada, sem que o motorista precise estar dentro do veículo. Em março deste ano foi a vez do Série 5, a partir de R$ 314.950, receber sistema que permite seguir o trânsito à frente e fazer pequenas curvas.

Fotos e vídeos: Divulgação

Galeria: BMW testa sistemas semi-autônomos no Brasil