E mais: os planos da Jeep em 2021 e os novos motores da FCA

Em setembro, a Fiat Strada desbancou o Chevrolet Onix e se tornou o modelo de automóvel mais vendido do nosso mercado. Com a nova proposta de ser mais que um veículo de trabalho, a picape conquistou proprietários de alguns hatches e sedãs e cresceu consideravelmente principalmente quando falamos em vendas para as pessoas físicas.

No programa desta semana, Leo Fortunatti e Renato Maia (Falando de Carro) discutem os motivos para a picape compacta conquistar tal posição não apenas em poucos meses de lojas, mas também em um ano totalmente atípico em diversos sentidos. Além disso, os planos da Fiat incluem um novo câmbio automático com o motor 1.3 aspirado quanto um provável motor 1.0 turbo ao menos nas versões mais caras. Como isso refletirá nos números da Strada? Ouça para descobrir nossas apostas.

 

Ouça nosso Podcast gratuitamente nas plataformas

A nova geração da Fiat Strada trouxe uma opção de cabine dupla que, com certeza, trouxe novos compradores e a escola Toro foi uma das referências para isso acontecer. Ao mesmo tempo, não se sabe se a picape conseguirá segurar tal posição por muito tempo, mas uma coisa é certeza: em 2021, a Fiat vem com novidades, inclusive novos motores turbo (1.0 e 1.3) e um novo crossover apontado para o VW Nivus.

Galeria: Fiat Strada 2021 x Strada 2019

Novos Jeep Compass 2022 e o futuro modelo de 7 lugares

Já do lado Jeep da FCA, são esperados o novo Compass 2022, que será reestilizado e receberá o novo motor 1.3 turbo substituindo o 2.0 Tigershark, além de um novo modelo produzido em Goiana (PE) maior que o Compass, com sete lugares de capacidade e uma identidade própria. Apesar de dividir ao menos uma parte da plataforma, ele não será um ˜Grand Compass˜, já que nascerá com uma identidade própria, segundo a Jeep.