SUV médio terá novidades importantes e novo motor turbo para encarar Taos e Corolla Cross

O Jeep Compass é um sucesso. Atualmente, abocanha cerca de 64% do seu segmento com volume de vendas, ainda mais quando consideramos sua faixa de preço. Se neste momento tem uma vida de certa forma tranquila, as coisas vão começar a ficar mais complicadas no ano que vem com a chegada de novos concorrentes. Sem dormir no ponto, a Jeep já prepara o contra-ataque para que mantenha o seu fôlego.

Durante uma entrevista de apresentação do Jeep Challenge Brasil, novo reality show da marca, Alexandre Aquino, Brand Manager da Jeep, falou rapidamente sobre o que o mercado pode esperar da atualização que está a caminho - que inclusive já foi vista em testes diversas vezes

Galeria: Jeep Renegade e Compass 2021

"Mexer no Compass, um produto de sucesso, a melhor estratégia é manter todos os seus pontos de força com algumas melhorias em todos os sentidos, em todos os pontos de sucesso", afirmou Aquino. De fato, a força da marca Jeep, vista de modo "mais premium" que as concorrentes, aliado à robustez e capacidade off-road são dois grandes apelos de vendas. Se a versão turbodiesel 4x4 é uma das queridinhas do segmento, a configuração com motor aspirado deixa a desejar em termos de eficiência de consumo e desempenho.

Novo motor turbo flex

Um dos pilares desta renovação estará justamente debaixo do capô, com a adoção de novo motor 1.3 GSE Turbo Flex com configuração que terá pelo menos 180 cv de potência. Com esta novidade, resolverá a questão "performance e eficiência", sendo uma resposta direta ao futuro concorrente Volkswagen Taos, que chegará com o motor 1.4 TSI de 150 cv, além do novo Toyota Corolla Cross, que também chegará em 2021, mas que deve apostar no conjunto híbrido flex como diferencial. Vale destacar, no entanto, que nenhum dos dois concorrentes terá uma opção "raiz" com motor turbodiesel e capacidade voltada para o off-road.

Novo Jeep Compass Híbrido

Por falar no novo propulsor, os executivos da Jeep afirmaram que fábrica de motores já está trabalhando a pleno vapor com expectativa de entregar as primeiras unidades os primeiros motores turbo ainda em outubro para validações de montagem, testes de ruas e dinamômetro. A ideia é que ainda no fim deste semestre a FCA já tenha motores GSE turbo produzidos no Brasil abastecendo as linhas de montagem.

Outros dois pontos de evolução são design e tecnologia. "O Compass ficará mais sofisticado do que hoje, mais tecnológico do que hoje, com mais performance e com mais design", afirmou Aquino. O visual não mudará radicalmente, mas ganhará pontos de evolução que o deixarão mais sofisticado. 

Jeep Compass 2022 - Novos flagras
Flagra do novo interior do Compass
Ford Territory x Jeep Compass x Chevrolet Equinox
Interior atual do Compass

Já por dentro, as mudanças serão bem mais significativas. De acordo com flagras já publicados por Motor1.com, no painel, a central multimídia ficará significativamente maior, com sua tela passando dos atuais 8,4" para no mínimo 10,1" (há possibilidade ainda de ser uma tela de 12,3 polegadas) com montagem do tipo tablet e ângulo de visão otimizado para o motorista. Além disso, passará a rodar o sistema de entretenimento Uconnect 5 e contará com diversos botões de atalho na base.

Enquanto o concorrente Taos deve trazer muitas novidades lançadas pelo Nivus em termos de conectividade, a Jeep também evoluirá neste sentido. Entre os novos recursos de conectividade, destaque para compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay sem fio e até integração com o Amazon Alexa. A nova posição da central também implicará em mudanças no console, que ficará mais alto e com comandos mais acessíveis. Haverá ainda novo volante (o mesmo que estará presente nos próximos lançamentos da Jeep) e botões do sistema de ar-condicionado reposicionados. 

Há expectativa ainda para que as versões mais cara do Compass 2022 tenham suporte para carregamento sem fio de smartphones, quadro de instrumentos 100% digital (hoje ainda tem velocímetro e conta-giros analógicos) e iluminação da cabine em LED. 

Jeep Compass 4xe híbrido em 2021

A nova versão híbrida do Compass, que já tinha sido confirmada para o Brasil, sofreu um pouco como reflexo da pandemia. Agora a previsão informada pelos executivos é que seu lançamento aconteça no fim de 2021. Chegará importada da Itália, sem previsão ser nacionalizada.

Além de ser mais uma opção e ter foco na alta eficiência no consumo de combustível, será a resposta direta ao Toyota Corolla híbrido flex que estreará no próximo ano por aqui.

Produzido na planta de Melfi, tanto o Compass 4xe adotam o motor 1.3 turbo de 180 cv para mover as rodas dianteiras por meio de um câmbio automático de 6 marchas enquanto o eixo traseiro é impulsionado por um motor elétrico de 60 cv, montado em uma versão modificada do subchassi dos modelos de tração integral. A potência combinada chega a 240 cv, fazendo com que a aceleração de 0 a 100 km/h fique na casa dos 7 segundos. A autonomia no modo 100% elétrico pode chegar a 50 km. Já o consumo médio é estimado em torno de 47 km/litro.

Comparativo Peugeot 3008 x Jeep Compass

Primeiro no Brasil?

Durante a entrevista, Motor1.com questionou se a renovação do Compass começaria pelo Brasil. Vale lembrar que em outubro do ano passado o modelo também passou a ser produzido na Itália, mas conservando o mesmo visual atual. Os executivos da Jeep disseram não saber se o cronograma de lançamentos colocava o Brasil como o primeiro mercado a renovar o modelo, mas de acordo com nossos amigos da Autocar Índia, o mercado brasileiro será o primeiro a receber o novo Compass.

Outra informação apurada junto à publicação indiana é a possível revelação do novo Compass ainda este ano. Embora a comercialização esteja prevista para o início de 2021, provavelmente como linha Compass 2022, a antecipação da apresentação faz sentido para combater a revelação do rival VW Taos, que acontecerá em breve.