Ainda que o lançamento esteja marcado somente para 2023, a nova geração da Chevrolet Montana segue tendo mais detalhes revelados pela General Motors. Desta vez, a fabricante norte-americana destaca a construção da picape, tanto pelo uso de materiais mais leves, quanto a forma como o interior foi feito, afirmando que terá “o melhor aproveitamento de espaço interno do segmento”.

No novo capítulo da websérie, a GM explica como a nova Chevrolet Montana mudará com a mudança de porte. Como utilizará a mesma plataforma que Onix, Onix Plus e Tracker, há muita discussão na internet sobre o desempenho do motor 1.2 turbo para a picape, por entregar somente 133 cv e 21,4 kgfm, o que pode ser pouco para mover o veículo quando estiver com a caçamba carregada.

Galeria: Chevrolet Montana 2023 - Testes de desenvolvimento

Embora não entre no assunto da motorização, a fabricante diz que sua equipe de projetistas apostaram no uso de materiais mais leves para a construção da carroceria, o que “dispensa a necessidade de um motor muito grande para empurrar o veículo”. E, consequentemente, permitiu um aumento da área interna, sem reduzir o espaço da caçamba.

“São ao menos 20 milímetros a mais para o joelho do passageiro traseiro em relação a concorrência, enquanto o espaço frontal e traseiro de cabeça é mais um exemplo de superioridade. A ergonomia é outro destaque deste projeto, que se traduz na melhor acomodação dos até cinco ocupantes”, explica Marianni Sanchez, gerente de pesquisa avançada de mercado da GM América do Sul. “Ao mesmo tempo que o cliente deseja uma picape mais espaçosa, ele se preocupa também com as dimensões do veículo, principalmente pelo tamanho das vagas de estacionamento disponíveis em grandes centros urbanos.”

Galeria: Chevrolet Montana 2023 - Flagras

Isto é uma boa notícia, pois os flagras da Montana adiantam que terá um porte muito mais próximo da Renault Oroch (que tem 4,69 m de comprimento e 2,82 m de entre-eixos), do que da Fiat Toro (4,94 m de comprimento e 2,99 m de entre-eixos). A picape terá que ter um entre-eixos alongado em relação ao Tracker, visto que o SUV tem somente 2,57 m, menos até do que a Fiat Strada e seus 2,73 m entre os dois eixos.

Com produção em São Caetano do Sul (SP), a nova Chevrolet Montana estará nas lojas somente em 2023. Os flagras dos protótipos adiantam que terá um design inspirado na Silverado e uma caçamba maior do que a da Renault Oroch. Acredita-se que terá somente o motor 1.2 turbo do Tracker, com transmissão automática de 6 marchas, pois o 1.0 turbo de 116 cv seria muito pouco para uma picape deste porte.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com