SUV compacto mudará de geração e terá versões híbrida e elétrica

O BMW X1 já foi um dos carros mais vendidos da marca bávara, porém tem perdido espaço em diversos mercados, vendendo menos que Audi Q3, Mercedes-Benz GLA e Volvo XC40 - por aqui, ainda ganha dos outros alemães, mas emplaca menos que o sueco. A BMW sabe disso e trabalha em uma nova geração do SUV compacto, avistada novamente em testes com a carroceria final e estreia prevista para o final do ano.

A BMW já disse algumas coisas sobre o X1, confirmando que terá "tanto um motor a combustão quanto totalmente elétrico". A versão normal aparece novamente em testes, como mostra as fotos dos nossos amigos do Motor.es, com um protótipo camuflado sendo dirigido em estradas públicas em algum lugar da Europa. Após a sessão de testes em Nürburgring no mês passado, o novo X1 faz um passeio tranquilo, o que acreditamos fazer parte de um ajuste final da suspensão e da direção. Apesar da enorme quantidade de disfarces, o carro de teste já utiliza a carroceria de produção, mas os faróis e lanternas traseiras ainda são unidades provisórias.

Galeria: BMW X1 2022 flagras

No entanto, o que vemos no formato das luzes deve ser a ideia final, pois qualquer mudança de última hora exigiria também uma alteração na carroceria. O novo X1 será maior que seu antecessor e este protótipo parece ser uma versão de entre-eixos alongado para o mercado chinês.

Também vale a pena notar que a posição das maçanetas das portas ficará abaixo dos adesivos brancos. Outra coisa que gostaríamos de enfatizar é que a grade, felizmente, não parece muito grande neste modelo, indicando que não seguirá o estilo adotado pelo Série 4.

O menor modelo da linha de SUVs da BMW manterá uma plataforma de tração dianteira, mas as versões mais caras e potentes estarão disponíveis opcionalmente com sistema integral. Terá um portfólio bem completo com versões a gasolina, diesel, híbridos e totalmente elétricos. A BMW deverá lançar o novo X1 a partir do segundo semestre, com as vendas se iniciando apenas em 2022. No Brasil, a estreia é esperada somente para o ano que vem.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com