Números de emplacamentos de maio mostram que as fábricas ainda estão ajustando o ritmo de produção

O mês de maio obteve um resultado expressivo para os emplacamentos de motocicletas 0km, de acordo com os números da Fenabrave. Foram mais de 110 mil motos vendidas em apenas um mês, algo que não acontecia desde março de 2016. E isso ocorreu apesar de as montadoras, a maioria instalada em Manaus (AM), ainda estarem lidando com paralisações esporádicas por conta da pandemia e da falta de suprimentos.

O desequilíbrio entre a oferta e a demanda já foi sentido em março. Naquele mês, houve uma “dança das cadeiras” entre os scooters mais vendidos, com o Yamaha NMax roubou o primeiro lugar de vendas do Honda PCX 150. Em abril, foi a vez do Honda ADV ficar à frente dos modelos de entrada, como Yamaha NEO 125 e Honda Elite 125.

Yamaha NMax 160 2021
Honda Elite 125 (Test Ride)

Agora, em maio, aparentemente as fábricas estão normalizando um pouco mais as entregas de scooters. Isso pode ser visto pela liderança do Honda PCX 150 na categoria. Com 2.469 emplacamentos no período, o líder ampliou a distância para o segundo colocado, o Yamaha NMax, que registrou 1.954 vendas no mês passado.

O destaque de performance em maio, porém, vai para o Honda Elite 125, terceiro colocado no ranking. O scooter de entrada da marca saiu de apenas 422 unidades vendidas em março para 802 em abril. No mês passado, o modelo já chegou em 1.720 emplacamentos, um crescimento de 307,58% sobre março e de 114,46% ante abril. Com isso, o Elite volta a registrar um desempenho típico de vendas que, no seu caso, fica acima de 1.500 unidades comercializadas mensalmente.

Yamaha Neo 125
Honda ADV 150 (lançamento Brasil)

O Yamaha NEO 125, principal rival do Elite, vem apresentando um comportamento relativamente constante nas vendas, tendo emplacado 1.135 unidades em março, 1.048 em abril e 1.189 em maio. Apesar de o scooter mais barato da marca dos três diapasões não ter disparado nas vendas como o rival, ainda assim ficou na quarta colocação entre os scooters no mês passado.

Enquanto foi o terceiro mais vendido da categoria em abril, o Honda ADV não conseguiu manter o ritmo em maio e caiu para quinta colocação com 1.180 unidades emplacadas. Apesar de ainda estar acima da previsão inicial da Honda para o modelo, que era de 1.000 unidades mensais, está bem abaixo dos 1.682 emplacamentos de abril, indicando que a boa performance no quarto mês do ano possa ter vindo do acúmulo de unidades não entregues nos meses anteriores.

Os 10 scooters mais vendidos de maio

MODELO VENDAS (unidades)
Honda PCX 150 2.469
Yamaha NMax 160 1.954
Honda Elite 125 1.720
Yamaha NEO 125 1.189
Honda ADV 150 1.180
Yamaha XMAX 250 492
Honda SH 150i 315
Haojue Lindy 125 117
Dafra Citycom 300i 86
Honda SH 300i 21

 

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com