Scooter fica R$ 100 mais caro e a única mudança foi nas luzes de seta na traseira para atender às novas regras do Contran

A Yamaha começa a vender a linha 2020 do scooter Yamaha Neo, praticamente sem novidades. Foram feitas duas mudanças: as luzes de seta traseiras tiveram que ser alteradas por conta do novo regulamento do Contran; e o preço subiu R$ 100, passando para R$ 8.390. Já está disponível nas concessionárias, com três opções de cor e garantia de quatro anos.

Galeria: Yamaha Neo 125 2020

O Yamaha Neo 2020 manteve o motor de 125 cc de 9,8 cv a 8.000 rpm e 1,0 kgfm de torque a 5.550 rpm, usando uma transmissão automática do tipo CVT. É equipada com rodas de 14 polegadas, faróis de LED, sistemas de freio unificados CBS, baú embaixo do banco de 14 litros, e sistema start-stop (que desliga o motor em paradas).

Leve, pesa apenas 97 kg, o que ajuda a ter uma média de consumo próximo dos 40 km/l. Tem uma altura em relação ao solo de apenas 775 milímetros. Conta com freios a disco de 200 mm na roda dianteira e tambor de 130 mm na traseira.

A linha 2020 do Yamaha Neo 125 já pode ser comprada nas concessionárias de todo o país, por R$ 8.390, sem frete incluso. O scooter é vendido nas cores vermelho metálico Magma, branco metálico Cristal e cinza fosco Matt. Conta com garantia de quatro anos, assistência gratuita 24 h (com reboque, socorro mecânico, chaveiro, troca de pneus, pane seca, hospedagem, táxi e despachante) e revisão a preço fixo.