Futura rival da Fiat Toro deve receber sistema híbrido convencional semelhante ao do crossover Escape

A Ford tem trabalhado para tentar oferecer uma versão eletrificada para boa parte dos seus carros novos, principalmente no segmento das picapes, onde híbridos e elétricos ainda são quase inexistentes. De acordo com o site Ford Authority, a esperada Ford Maverick seguirá essa estratégia e adotará uma motorização híbrida, com uma bateria de pouca capacidade que será recarregada com o movimento do veículo.

Desenvolver uma versão híbrida para a Ford Maverick não é tão difícil assim para a fabricante do oval azul, pois a picape será produzida com a plataforma modular C2, a mesma usada pelo Escape. O SUV já oferece uma variante híbrida normal e está para receber uma opção híbrida plug-in nos próximos meses, então a arquitetura já está pronta para o sistema elétrico e posicionar as baterias.

Galeria: Ford Maverick 2022 - Imagens vazadas

As fontes do Ford Authority dizem que os planos de uma Maverick híbrida foram confirmados, mas não há qualquer detalhe além de que não será um plug-in. Uma aposta segura é que utiliza a mesma motorização do Escape, por já estar pronta e aumentar o ganho em escala na produção. É composta pelo 2.5 aspirado e um motor elétrico, entregando um total de 200 cv e com um rendimento de até 18,7 km/litro pelos estes oficiais nos Estados Unidos.

Além desta versão híbrida, a picape ainda deve receber o 2.0 aspirado da van Transit Connect como opção de entrada – conhecemos este motor por ter equipado Focus e EcoSport Storm. Já as versões acima adotariam o 1.5 turbo de 184 cv e o 2.0 turbo de 248 cv usados pelo Bronco Sport. Em todos os casos, a transmissão seria uma automática de 8 marchas, com tração dianteira. Terá versões de tração dianteira e integral, usando o mesmo sistema do utilitário.

Galeria: Ford Maverick 2022 - Projeção exclusiva

Como flagras mostraram, os designers da Ford usaram a F-150 como inspiração no visual, usando faróis no mesmo estilo em “C”, com a grade larga no meio. Estas linhas serão o padrão para a linha de picapes da marca e também serão adotadas pela nova geração da Ranger, esperada para 2023. Já a traseira utilizará laternas verticais bem menores. Ainda não vimos como será a cabine, mas esperamos por algo próximo do Bronco Sport, com uma multimídia flutuante e painel de instrumentos digital.

A picape já começou a ser montada em pré-série na fábrica mexicana de Hermosillo e tem apresentação esperada para este ano. Os últimos rumores dizem que será o modelo mais barato da Ford para os Estados Unidos, custando menos de US$ 20 mil (mesmo valor cobrado pelo EcoSport por lá), o que são US$ 4 mil menos do que a Ranger. A Ford Maverick virá ao Brasil para enfrentar a Fiat Toro e ajudar no novo reposicionamento da marca no país, trabalhando somente com modelos importados, mas espere por um preço inicial por volta de R$ 120 mil.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com