Esperado para o final de 2021 na Europa, maior SUV da marca ainda manterá a polêmica grade dianteira

Agora que as pessoas estão começando a se acostumar com as novas grades gigantescas da BMW, a marca bávara está planejando outra mudança drástica de design. Apesar da camuflagem, está bem claro que o BMW X7, atualmente o maior SUV da empresa, terá um novo esquema de faróis duplos, no estilo da Fiat Toro - e que parece que será a próxima muda nos carros.

A versão reestilizada do BMW X7 aparece com camuflagem apenas na dianteira e traseira. Os adesivos deixam o espaço dos faróis livres, posicionados mais abaixo do que no modelo atual, onde a iluminação fica colada no fim do capô. Por baixo do disfarce ainda estará uma linha em LED na parte superior, da mesma forma que o futuro X8 (também avistado com um estilo semelhante).

Galeria: BMW X7 2022 - Flagra

Se este for mesmo o plano da BMW, é bom ela se preparar para lidar com as críticas de que irá ficar parecido com o Hyundai Santa Fe, Chevrolet Trailblazer ou outro modelo que já adotou este esquema de faróis. Combine isso com a grade enorme, que ainda causa um pouco de estranhamento, e vai virar motivo de muita discussão.

Alguém até pode achar que os faróis são temporários e, de fato, não parecem ser as definitivas. Porém, isso só se aplica à peça em si, pois a BMW não iria gastar fazendo um para-choque dianteiro diferente só para usar faróis temporários em uma posição que não será usada. Então é melhor se acostumar com a ideia.

Além do conjunto óptico dianteiro, o BMW X7 renovado aparenta manter a grade frontal bem larga, sem as novidades implementadas nos novos M3, M4 e iX. A traseira está bem mais coberta e não mostra as mudanças, mas não esperamos por nada drástico. Como o SUV tem apenas dois anos de vida, a reestilização só deve ser apresentada no final de 2021.