Anti-Compass da GM será posicionado entre os modelos Tracker e Equinox

Revelado inicialmente no Salão de Xangai, em abril, na versão intermediária Redline, o Chevrolet Trailblazer 2020 (não confundir com o SUV derivado da picape S10) acaba de ser apresentado pela primeira vez ao público dos Estados Unidos. "Entre o Trax [Tracker no Brasil] e o Equinox, a adição do Trailblazer nos oferece uma grande oportunidade de expandir a família de SUVs para novos públicos", disse Steve Majoros, diretor de carros de passeio e marketing da marca. A estreia no mercado norte-americano acontecerá no ano que vem e desde já a General Motors diz que o preço inicial ficará abaixo dos US$ 20.000 (R$ 84.000 numa conversão direta).

Galeria: Chevrolet Trailblazer 2020 (EUA)

Desenvolvido para ficar abaixo do Equinox e acima do Tracker, o Trailblazer promete rivalizar diretamente com Hyundai Tucson, Jeep Compass, Mitsubishi Eclipse Cross e companhia. É construído sobre a plataforma VSS-F, considerada mais sofisticada e refinada que a base GEM usada pelo Tracker. O visual é claramente inspirado na Blazer, que por sua vez toma como base as linhas agressivas do cupê Camaro. Na traseira, a própria Chevrolet diz que se inspirou no Corvette para compor vários elementos, entre eles a disposição internas das lanternas (com detalhes em Y que remetem ao Corvette 2020). Além da versão RS, já apresentada na China, a variante norte-americana também conta com o acabamento Activ, que combina pintura do teto contrastante com a carroceria.

Mecanicamente, a marca confirmou que serão oferecidos motores 1.2 e 1.3 turbinados, mas não divulgou detalhes. Apesar do mistério, tudo indica que serão os mesmo propulsores do Buick Encore XL, que divide com o Trailblazer a mesma plataforma. Dessa forma, espere por potência de 139 cv e torque de 22,9 kgfm no caso do 1.2, e 157 cv e 24,1 kgfm de força no caso do 1.3. No primeiro, a tração será sempre dianteira e o câmbio automático do tipo CVT. No segundo, haverá duas opções: tração dianteira com transmissão CVT ou tração integral com câmbio automático de 9 marchas. As versões AWD terão ainda três modos de condução: Normal, Snow e Sport.

Chevrolet Trailblazer 2021

Trailblazer pode chegar ao Brasil com outro nome

A chegada do modelo ao Brasil passou a ser fortemente cogitada depois que a Chevrolet confirmou investimentos para produzir um veículo de alto valor agregado na Argentina a partir de 2021. Batizado de Tango, o projeto será tocado na fábrica de Rosário e consumirá ao todo US$ 300 milhões. A GM não revela a identidade da novidade, mas todas as especulações apontam para o Trailblazer. Certamente com outro nome, o modelo seria a principal arma para enfrentar o Jeep Compass (que lidera de forma isolada o segmento) e fazer frente ao futuro Volkswagen Tarek (que também será feito na Argentina), deixando o Equinox para brigar com VW Tiguan, Honda CR-V e Peugeot 3008.

Fonte: Chevrolet