Anti-Compass será produzido na Argentina e deve chegar ao Brasil em maio de 2021

Apresentado há poucas semanas apenas na versão topo de linha, com detalhes exclusivos e chamativos no visual, o Volkswagen Taos começa a aparecer agora nas variantes de acesso. Prova disso são as imagens deste flagra, captadas pelo leitor João Pedro Amaro, que revelam detalhes visuais únicos do que parece ser o acabamento intermediário da gama.

Olhando rápido, é possível notar que os faróis perderam elementos internos na comparação com o Taos mais caro (que adota lentes mais sofisticadas e com assinatura visual própria) e que a curiosa linha de LED que atravessa toda a grade foi removida. Além disso, as rodas com pintura grafite deram lugar a outras de desenho mais simples e os detalhes cromados na base dos vidros foram dispensados.

Galeria: Volkswagen Taos - Flagra

Outra ausência verificada é a pintura preta no teto e nos retrovisores, presente no Taos topo de linha apresentado na Argentina e substituída no modelo intermediário pela própria cor da carroceria. O rack de teto também perdeu a pintura prata e agora adota o preto. Por outro lado, o para-choque manteve a pintura contrastante com a carroceria - elemento considerado um dos mais chamativos do modelo. Mudanças no acabamento interno, até o momento, são desconhecidas.

Sob o capô, não deve haver mudanças entre as versões. O destaque será o conhecido motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm, flex e produzido em São Carlos (SP). O câmbio será sempre automático de 6 marchas. O lançamento no Brasil está programado para maio de 2021, com produção em Pacheco, na Argentina. Há ainda rumores sobre uma possível versão Taos GTI, com motor 2.0 turbo e tração integral, mas nada foi confirmado até o momento.

Fotos: João Pedro Amaro