SUV médio receberá novo visual no ano que vem, com faróis e lanternas mais finas, além de nova grade e interior renovado

Após aparecer pela primeira vez rodando pela Espanha, o Jeep Compass 2022 é avistado novamente em testes na Europa. Desta vez, as imagens foram publicadas pelo Gabetz Spy Unit no Facebook, mostrando o SUV médio ainda mais camuflado do que da outra vez, escondendo os faróis dianteiros e a grade. Mas, em compensação, as fotos aproveitam a janela aberta para mostrar um detalhe interessante de seu interior: a central multimídia com tela flutuante, no estilo tablet.

A parte mais interessante no flagra, como dissemos, está no interior do Jeep Comapss 2022. Uma das fotos consegue pegar o carro com a janela aberta e podemos ver a tela da central multimídia pulando para fora do painel, um estilo que a marca norte-americana ainda não utilizava, já que o display ficava integrado ao console central. Como está longe, não podemos ter uma ideia do seu tamanho exato.

Galeria: Jeep Compass 2022 - Novos flagras

Infelizmente, esta unidade de testes está ainda mais camuflada do que a anterior. A marca colocou mais panos cobrindo a frente do veículo, o que nos impede até de ver os detalhes que apareceram no flagra anterior. As primeiras fotos mostravam que ele terá faróis mais finos e grade redesenhada, também mais estreita. A traseira está da mesma maneira, com as lanternas parcialmente cobertas, mas podemos ver os recortes, adiantando que também ficarão mais finas.

Na parte mecânica, a única alteração esperada é que a versão híbrida 4xe receba um conjunto de baterias melhorado, aumentando a autonomia no modo totalmente elétrico, atualmente de 50 km. Como o Compass acabou de receber o motor 1.3 turbo na Europa, ele não deve receber qualquer novidade. Esta unidade é oferecida nas variantes de 130 cv e 150 cv, com a possibilidade de usar uma transmissão de dupla embreagem.

Jeep Compass 2022 - Novos flagras

Quando o Compass renovado chegar ao Brasil no ano que vem, ele irá acompanhar o lançamento do 1.3 turbo no nosso mercado, já preparado para usar etanol. Por aqui, esperamos que ele seja vendido somente na versão de 180 cv e 25,5 kgfm, e que a transmissão seja trocada por uma caixa CVT ao invés da automatizada.