Reestilização de meia-vida do SUV chegará ao Brasil no ano que vem acompanhada do motor 1.3 turboflex

A reestilização do Jeep Compass era esperada para este ano, quando ele ganhou o motor 1.3 turbo e versão híbrida plug-in na Europa. Mas a linha 2021 acabou vindo só com a motorização nova, mantendo o design. Isso não significa que o crossover médio não terá seu facelift de meia-vida, pois fotos cedidas pelo site Motor.es mostram o SUV rodando na Espanha com camuflagem, adiantando que terá mudanças nos faróis, grade e lanternas. A mudança é esperada para 2021, como linha 2022.

As fotos mostram o Jeep Compass rodando com camuflagem que cobre praticamente toda a carroceria, exceto o teto e o final do capô perto da grade. Olhando bem de perto, podemos notar as diferenças. Os faróis estão mais finos na parte que encontra a grade, como o recorte da camuflagem mostra. A grade também aparenta estar mais fina, acompanhando os faróis.

Jeep Compass reestilizado - Flagra

Na traseira estão lanternas com novo desenho interno. A tampa do porta-malas aparenta manter o desenho atual, com a base da placa, e o para-choque está tão coberto que não podemos ver nem os refletivos. Até a placa foi improvisada, pendurada no para-choque. As rodas são de um modelo que já é usado na Europa, mas podemos esperar por desenhos inéditos também.

Esta unidade em especial é a variante híbrida plug-in 4xe. O conjunto atual usa o motor 1.3 turbo e outro elétrico, com até 240 cv e um rendimento de até 47,6 km/litro, enquanto a autonomia do modo elétrico é de 50 km.

Quando o novo visual chegar ao Brasil, vai acompanhar a estreia do motor 1.3 turboflex, que deverá entregar cerca de 180 cv e 27,5 kgfm de torque. Lá fora ele usa uma transmissão de dupla embreagem, mas aqui pode manter as atuais caixas automáticas (de 6 ou 9 marchas) ou ganhar uma inédita CVT.  

Na Europa também já falam também sobre novos equipamentos, como um painel de instrumentos 100% digital (o atual tem apenas uma tela central) e uma nova central multimídia com tela de 10” na vertical, com um sistema mais rápido e intuitivo. Também deve melhorar a oferta de sistemas de tecnologia, como a adição de uma câmera 360° para manobras.

A estreia do Jeep Compass reestilizado é esperada para o ano que vem. Seu local de estreia ainda é um mistério e há chances que seja no Brasil, lembrando que a atual geração do SUV nasceu aqui. De qualquer forma, a mudança acontecerá em 2021 como linha 2022, quando o Jeep médio também receberá o esperado motor 1.3 turboflex, além da versão híbrida plug-in importada.

Fotos: Motor.es