Versões esportivas E53 AMG mantêm motorzão de 435 cv

A gama Mercedes-Benz Classe E passou por uma intensa renovação para a linha 2021. Depois de conhecermos a versão sedã, agora chega a vez de a marca alemã apresentar as variantes cupê e cabriolet (conversível), incluindo as opções esportivas E53 AMG. Há evoluções significativas em termos de estilo, tecnologia e segurança. 

A mesma elegante dianteira do novo Classe E Sedan agora pode ser vista nas variantes de duas portas. O E53 Coupe traz novos faróis em LEDs, novas lanternas, grade AMG (com aletas verticais) e um novo jogo de rodas aro 19" com cinco raios. O mesmo acontece com o modelo conversível. 

Ambos também ganham duas novas cores para 2021: azul brilhante Magno e cinza grafite metálico. Os compradores mais sinistros poderão optar pelo AMG Night Package, que adiciona capas de retrovisor e detalhes de acabamento foscos, além de saídas de escape em preto cromado. Por fim, o pacote opcional "AMG Cabon Fiber" adiciona retrovisores, spoiler dianteiro e aerofólio traseiro em fibra de carbono.

Mercedes-AMG E 53 Coupe (2020)
Mercedes-AMG E 53 Coupe (2020)
Mercedes-AMG E 53 Coupe (2020)

Por dentro, os novos Classe E receberam a mais recente geração do sistema multimídia MBUX com tela de 12,3" aliado ao quadro de instrumentos digital, também de 12,3", num conjunto único. O seletor giratório deu lugar a um touch pad mais moderno. Os modelos AMG trazem bancos de couro sintético com costura vermelha, mas quem fizer questão pode optar por revestimento em couro Nappa legítimo, numa combinação em preto e titânio.

Mesma força

Na realidade, a única coisa que não muda nos novos E53 AMG é a mecânica: cupê e cabrio são equipados com o mesmo 3.0 turbo de 6 cilindros em linha que rende 435 cv de potência e 53 kgfm de torque, gerenciados pelo câmbio automático de 9 marchas e distribuído nas quatro rodas pelo sistema de tração integral 4Matic. 

Galeria: Mercedes-Benz Classe E Cabriolet (2021)

Uma diferença fundamental entre as versões "comuns" e a E53, no entanto, está no exclusivo "Sport Plus" entre os modos de condução. O recurso melhora as acelerações e reduz o tempo de troca de marchas, sendo um dos 5 modos oferecidos pelos esportivos, além de Slippery (condições escorregadias), Comfort, Sport, e Individual. Os E53 AMG ainda trazem de série a suspensão a ar AMG Ride Control Plus, ajustável em três diferentes modos: Comfort, Sport e Sport Plus.

Mercedes-AMG E 53 Coupe (2020)
Mercedes-AMG E 53 Coupe (2020)

As vendas na Europa começam no fim deste ano, com chegada ao Brasil prevista para 2021. 

Fotos: divulgação

Galeria: Mercedes-AMG E 53 Coupe (2020)