Sedã mudará depois de apenas 5 anos no mercado e será transformado em cupê de quatro portas

O Hyundai Elantra atual, lançado em 2015 na Coreia do Sul (onde é conhecido como Avante) não agradou ao público e a fabricante ficou bem incomodada, a ponto de já preparar uma nova geração do sedã. A sétima versão do Elantra será revelada dia 17 de março, em Hollywood, como confirma a marca junto com os teasers do carro, adiantando que terá o visual inspirado no Sonata.

Para atiçar um pouco nossa curiosidade, o novo Hyundai Elantra aparece em algumas fotos, mostrando o que a fabricante chama de cupê de quatro portas, ao invés de seguir o design de sedã de sempre. As imagens de perfil deixam claro que terá um teto alongado e que termina em uma traseira estilo fastback.

Já a imagem com a frente do veículo está embaçada e desfocada. O mais óbvio é que terá uma grade enorme, mas um pouco diferente do Sonata. Por exemplo, a entrada de ar aparenta ter suas bordas integradas aos faróis e podemos ver que o logo da Hyundai ficará posicionado mais acima, fora da grade. Os faróis parecem ser mais finos e têm uma linha em LED na parte superior.

Galeria: Hyundai Elantra 2021 - Teaser

Temos também uma foto que mostra como será a cabine. Totalmente minimalista, ela não parece ter qualquer botão ou controle no console. A central multimídia fica incorporada no painel de instrumentos, para criar a sensação de ser uma peça única. Outro detalhe óbvio é o volante, que adota o mesmo visual visto na nova geração do Creta lançado recentemente na Índia. Claro, é apenas um teaser, então é possível que o interior do Elantra não seja tão "limpo" assim na versão final.

A apresentação do Hyundai Elantra 2021 acontecerá no dia 17 de março, com transmissão pela internet. Já tem data de estreia nos Estados Unidos, onde começa a ser vendido em setembro. No Salão do Automóvel de 2020, a Hyundai-Caoa apresentou a geração atual do carro e disse que iria vendê-lo por aqui em 2019, o que não aconteceu. Será que desta vez o veremos no Brasil?

Fonte: Hyundai