Novidade tem exclusividades no visual e suspensão reforçada para o off-road

A Suzuki acaba de ampliar o catálogo do Jimny no Brasil com o lançamento de uma edição especial batizada de Forest. Conforme anunciado pela marca, a novidade toma como base o modelo da antiga geração (que é nacional e convive com a nova linhagem importada) e se diferencia pela presença de uma série de itens exclusivos de design.

Além disso, tem apetrechos off-road próprios e suspensão com preparação especial para uso no fora-de-estrada. Ao preço de R$ 94.990, a série é posicionada no topo da gama do modelo nacional, acima dos acabamentos 4Work, 4All e 4Sport. A nova geração, para efeito de comparação, custa entre R$ 104.990 e R$ 123.990. 

Galeria: Suzuki Jimny Forest

Por fora, a principal novidade é a exclusiva cor Verde Floresta, que faz alusão direta ao nome da versão. A tonalidade contrasta com tons de grafite do para-choque, grade frontal, máscaras de faróis e snorkel, bem como com as rodas de 15 polegadas da cor grafite dark. Além disso, o grafismo “Forest” vai estampado em ambos os lados na parte externa, bem como em uma plaqueta no interior. No teto, o bagageiro tipo cesta foi desenvolvido exclusivamente para a versão. 

A preparação off-road fica por conta de modificações promovidas no sistema de suspensão que resultaram na elevação da altura em relação ao solo para 268 mm - com consequente otimização dos ângulos de entrada, saída e rampa. Além disso, foram instalados rock slider tubular projetado para proteger a carroceria nos obstáculos, chapa de proteção para a caixa de transferência e quatro protetores dos braços para suspensão.

Entre os recursos, há sistema multimídia com tela de 7 polegadas compatível com Android e iOS, airbags frontais, freios com ABS, barras de proteção lateral, cintos de três pontos e encostos de cabeça para todos os ocupantes, além da fixação Isofix.

Na mecânica, o sistema de tração 4x4 não muda e permite até 15 combinações: 2WD para uso urbano com tração traseira, 4WD com tração nas quatro rodas e 4WD-L que aciona a reduzida. As mudanças na tração são feitas no painel pelo sistema drive action 4x4. Sob o capô, o motor 1.3 a gasolina rende 85 cv a 6 mil rpm e 11,2 kgfm de torque a 4.100 rpm. O câmbio é sempre manual de 5 marchas.