Versão intermediária da linha deve chegar ao Brasil no 2º semestre de 2020

A Porsche apresentou a renovação do Macan GTS 2020, posicionado entre o Macan S e Macan Turbo. A fabricante alemã já oferecia esta versão antes da reestilização, mas agora tem mais potência do que sua antecessora. Além da motorização atualizada, recebe um visual mais agressivo e melhorias do lado de dentro. O crossover já está à venda na Alemanha e tem previsão de chegar ao Brasil no ano que vem.

Galeria: Porsche Macan GTS 2020

O Porsche Macan GTS 2020 usa o 2.9 V6 biturbo de 380 cv, um aumento de 20 cv sobre a versão anterior. Agora entrega 53 kgfm a partir de 1.750 rpm, 2 kgfm a mais, transmitidos para as as quatro rodas pelo câmbio PDK de dupla embreagem e 7 marchas. A fabricante diz que ele acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos, uma melhoria de 0,3 segundos, caindo para 4,7s com o pacote opcional Sport Chrono. A velocidade máxima é de 260 km/h.

Entre os equipamentos de série estão suspensão adaptativa a ar, rodas de liga leve de 20" RS Spyder Design, escapamento Sport e freios de ferro fundido, embora a Porsche ofereça freios de composto de cerâmica como opcional.

Visualmente, o Macan GTS recebe elementos pintados de preto na frente, novas saias laterais, traseira com detalhes escurecidos e mais. Já do lado de dentro, a Porsche usou Alcantara no acabamento central dos bancos, no console central, apoio de braço e painéis das portas. Peças em alumínio escovado aumentam a sensação de esportividade do interior. Esta versão terá bancos esportivos exclusivos com apoios laterais acentuados e ajuste em oito direções. Ainda ganha sistema de som da Bose, carregador wireless para smartphone e mais.

O Porsche Macan GTS já pode ser encomendado em alguns países da Europa, como Alemanha, com preço inicial de 77.880 euros (cerca de R$ 353 mil). Por aqui, a expectativa é que seja lançado no 2º semestre de 2020 e pode ser uma das estrelas da marca para o estande no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro.