Todas as versões chegarão juntas, inclusive Turbo e Turbo S

O Salão de Los Angeles foi o palco de diversas estreias. Entre elas, o Porsche Taycan 4S, a versão "de entrada" do primeiro esportivo elétrico da marca e que, como as versões Turbo e Turbo S, já tem passaporte carimbado pro Brasil no segundo semestre de 2020. Mas vamos falar do Porsche e depois falamos sobre nosso mercado.

Ele já foi apresentado pela Porsche em outubro, mas só agora ele apareceu ao vivo. A maior diferença aparece na potência e torque, já que produz 530 cv (ou 570 cv com o pacote Performance), contra os até 680 cv do Turbo e 761 cv do Turbo S. As baterias de série do 4S tem capacidade de 79,2 kwh, com o opcional de 93,4 kwh, o levando para uma autonomia entre 407 e 463 km. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4 segundos, com velocidade máxima de 250 km/h. 

Porsche Taycan 4S - Salão de Los Angeles
Porsche Taycan 4S - Salão de Los Angeles

O Taycan chegará ao Brasil no segundo semestre de 2020 já em linha completa, 4S, Turbo e Turbo S. Como apurou a reportagem do Motor1.com durante o Salão de Frankfurt e Los Angeles, ele se posicionará entre as respectivas versões do Cayenne e Panamera, começando em cerca de R$ 600 mil. O Turbo S deverá ultrapassar a barreira do R$ 1 milhão quando totalmente equipado, como acontece com o Cayenne e Panamera.

Galeria: Porsche Taycan 4S

Este é um dos motivos para a Porsche, entre outras marcas como a Volkswagen e a Audi, estar investindo R$ 32,9 milhões em um corredor de recarga com 64 pontos entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Espirito Santo e Santa Catarina, formando uma área de 2.500 km de extensão.