Futuro rival do Suzuki Jimny terá cerca de 4 metros de comprimento

Jeep reitera seu plano de criar um novo modelo de entrada, posicionado abaixo do Renegade e que será um rival direto do Suzuki Jimny. Será lançado em 2022, de olho em mercados emergentes como a Índia, e pode ter versões eletrificadas, inclusive uma variante puramente elétrica, aproveitando a tecnologia da PSA após a fusão das fabricantes. Porém, este modelo não deve vir ao Brasil.

A confirmação veio através de Marco Pigozzi, chefe de marketing da Jeep na Europa, em entrevista à revista britânica AutoExpress. O executivo disse que será um modelo prático para o dia-a-dia sem comprometer a capacidade off-road – a fabricante tem como regra oferecer uma versão 4x4 para cada carro da linha e que seja capaz de fazer a trilha de Moab.

“O carro poderá ser usado como um Jeep casca-grossa, mas também foi desenhado para ser usado todos os dias”, explica Pigozzi. O sub-Renegade terá cerca de quatro metros de comprimento, entrando em um segmento que está crescendo em todo o mundo, com carros como Hyundai Venue e Toyota Raize.

Este novo crossover deve chegar com uma opção eletrificada, já que a Jeep prometeu que terá uma variante híbrida ou elétrica para cada carro de sua linha. “Nós temos a capacidade de entregar a eletrificação que precisamos”, revela Pigozzi. A AutoExpress diz que a Fiat-Chrysler deve aproveitar a tecnologia de carros elétricos e híbridos do Grupo PSA e pode até adotar a plataforma CMF do grupo francês, já preparada para EVs – a PSA vende Peugeot 208, Opel Corsa e DS3 Crossback com variantes 100% elétricas.

Galeria: Jeep: Plano 2018-2022

Sua chegada ao Brasil é incerta. Mike Manley, ex-CEO da Jeep e agora comandante da Fiat-Chrysler, havia dito em 2018 que o novo crossover poderia ser vendido na América Latina, para atender a demanda por SUVs menores. Porém, os planos podem ter mudado agora que a Fiat terá um modelo neste segmento, para evitar uma disputa interna. O SUV italiano é uma prioridade para a FCA, por ser um carro muito requisitado pelos concessionários.

Ao invés de descer os degraus, a Jeep do Brasil apostará em modelos acima do Renegade. Um deles será o inédito SUV de 7 lugares, posicionado acima do Compass e que será lançado até 2022. Será feito em Goiana (PE), com uma nova plataforma que mistura a arquitetura Small-Wide de Renegade e Compass com uma outra arquitetura usada na Europa.