Visual será praticamente o mesmo das versões a combustão

A BMW terá diversos modelos elétricos em seu portfólio. Para os próximos quatro anos, a fabricante promete lançar 12 novos elétricos e 13 híbridos plug-in, algo bastante desafiador mesmo para uma empresa que já tem alguns modelos eletrificados em sua linha. Sabemos que a linha i terá um SUV e um sedã (iX3 e i4 Sedan) que estarão em um área mais expositora de tecnologias que de volume. 

A terceira geração do Série 1 foi projetada já sobre a plataforma UKL2, com tração dianteira ou integral, já pensando nisso. O hatch terá uma nova versão puramente elétrica para conviver no outro lado da régua dos futuros lançamentos da marca. Será um modelo de entrada na linha de elétricos, já que sera basicamente o mesmo Série 1 a combustão, mas com motor elétrico - o que reduz o custo de produção. 

Galeria: BMW Série 1 2020

A informação foi confirmada por Robert Irlinger, o chefe da divisão i da BMW para a britânica Auto Express. Ele também confirmou que qualquer modelo da marca poderá ser eletrificado, seja com tração dianteira, integral ou traseira - hoje, a linha foi quase totalmente atualizada em termos de plataforma e outros caminham para isso. 

O novo Série 1 elétrico deve ser lançado no começo de 2021. Hoje, a BMW no Brasil vende o i3 e i8 como elétricos e o Série 5 iPerformance, híbrido plug-in. 

Fonte: Auto Express