Pré-venda no país vizinho começa em breve, mas preços só serão divulgados no lançamento oficial

Lançado em março no Brasil, o Volkswagen T-Cross já está na Argentina. Exportado da fábrica de São José dos Pinhais (PR), o primeiro SUV compacto da marca será lançado oficialmente em julho no país vizinho, mas a pré-venda está prestes a começar. O site da VW argentina já mostra inclusive as versões que serão ofertadas, sendo que todas elas terão um motor não oferecido para o modelo no mercado brasileiro: o 1.6 MSI a gasolina de 110 cv. 

Não foram poucos os nossos leitores que pediram que a VW brasileira lançasse uma versão com este propulsor como modelo de entrada, de modo a baixar o preço inicial do carro, que hoje começa em R$ 84.990 na versão 200 TSI com câmbio manual. Na Argentina, o T-Cross básico recebe o nome de Trendline, seguido pelo Comfortline e pelo Highline, como no Brasil. A diferença é que, lá, o motor 1.6 é mandatório para todos os modelos, ou seja, muda apenas o acabamento e os equipamentos. O Trendline tem câmbio manual, enquanto os Comfortline e Highline usam a transmissão automática de 6 marchas.  

VW T-Cross 200 TSI MT - Teste

O motor 1.6 MSI no Brasil equipa o Gol, Polo e Virtus em sua variante flex, de até 117 cv. A princípio, Polo e Virtus tinham apenas o 1.0 TSI (128 cv) no lançamento, recebendo depois o 1.6 aspirado. Será que o mesmo acontecerá com o T-Cross mais à frente? Façam suas apostas.

Fotos: divulgação

Galeria: Volkswagen T-Cross (Brasil)