Em sua oitava geração, esportivo revoluciona sem perder essência

O novo Porsche 911 enfim está entre nós. Conhecemos a oitava geração, chamada 992, em um workshop na Alemanha e, pouco depois, no primeiro test-drive na Espanha. Agora foi a vez de guiar o esportivo no Brasil, durante seu lançamento nacional. Será vendido inicialmente na versão Carrera S, por R$ 679.000, passando a R$ 719.000 na variante Carrera 4S, com tração integral. Se preferir a versão conversível, o cliente terá que desembolsar R$ 729.000 pelo Carrera S ou R$ 769.000 para levar o Carrera 4S.

Galeria: Porsche 911 2019 (Brasil)

A oitava geração do Porsche 911 foi apresentada até agora somente na versão Carrera S (e a variante 4S de tração integral), ambas na configuração 2+2 – ou seja, com dois assentos traseiros, mas bem pequenos. O novo 911 Cabriolet já foi revelado no exterior, mas seu lançamento no Brasil será ao longo do 2º semestre. A marca também espera conseguir lançar o 911 Carrera (sem o S) ainda em 2019, mais para o final do ano.

Equipado com motor 3.0 boxer biturbo, o novo 911 conta com 450 cv a 6.500 rpm e um torque máximo de 54 kgfm entre 2.300 e 5.000 rpm, sempre em conjunto ao câmbio PDK de dupla embreagem e 8 marchas. Em comparação ao modelo anterior, a diferença é de 30 cv e 5 kgfm a mais, traduzidos em uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos, 0,2 s a menos do que o 911 antigo.

A diferença entre o Carrera S e o Carrera 4S é apenas a tração (traseira e 4x4, respectivamente), pois ambos trazem a mesma lista de equipamentos. Contam com faróis de LED, ar-condicionado automático de duas zonas, painel de instrumentos digital (com conta-giros analógico no centro), gerenciamento ativo de suspensão, bancos esportivos com ajustes elétricos, central multimídia com tela de 10,9 polegadas sensível ao toque e compatível com Apple CarPlay, controle de cruzeiro adaptativo e mais.

Porsche 911 2019 (Brasil)

Enquanto não ia para a pista...

O lançamento do novo Porsche 911 aconteceu no Autódromo Velo Città, próximo de Mogi Guaçu (SP), uma pista bem conhecida entre os fãs de automóveis no Brasil – em menos de um mês, estivemos lá em três lançamentos diferentes: Audi RS4 Avant, BMW Série 3 e agora no 911. Apesar de ficar a cerca de 200 km de São Paulo, é um circuito que todo mundo gosta por seu traçado. Tem curvas de alta e baixa velocidade, trechos em S e duas retas para pisar fundo.

No lançamento nacional, o grupo de jornalistas era muito grande e a Porsche criou outras duas atividades, não só para nos manter entretidos, como também para demonstração, já que os clientes repetirão as mesmas experiências ao longo do mês. O primeiro carro que dirigi no dia foi um Cayenne, avaliado na pista off-road do Velo Città.

O trajeto de terra foi especialmente desafiador por conta do tempo. Havia chovido muito no dia anterior e um pouco na madrugada, então alguns trechos ainda estavam cheios de lama. A Porsche queria demonstrar bem a capacidade do 4x4, então deixou o Cayenne com pneus normais de asfalto, como prova de que ele conseguiria superar todos os obstáculos. De fato, foi o que aconteceu, embora algumas pessoas menos experientes encontrassem alguns problemas em uma subida ingrime com os pneus cobertos de lama.

Porsche 911 2019 (Brasil)
Porsche 911 2019 (Brasil)

Pisando fundo

Depois de brincar na lama, finalmente foi minha vez de entrar no 911. Seriam três carros na pista, com duas pessoas em cada, seguindo um GT3 RS que iria ditar o ritmo. Duas voltas na pista, voltamos para o pit lane para trocar de motorista, depois para trocar de veículo, e por aí até que cada um tivesse guiado os três modelos.

Logo na primeira volta entrei no Carrera 4S, justamente a versão que não guiamos na Espanha. Para não correr nenhum risco, a Porsche limitou o uso do carro nos modos Normal e Sport (há ainda o Sport Plus), proibindo expressamente que o controle de estabilidade fosse desligado – ninguém quer ver um 911 indo direto para o muro de proteção.

No modo Normal, o 911 Carrera 4S é muito na mão. É fácil andar rápido nele, pela resposta ágil do volante e aceleração progressiva. Se em algum momento alguém passar do limite, a eletrônica entra em ação rapidamente para resolver seu comportamento. Não dá nem impressão de que a traseira vai escorregar. Durante a primeira volta, como o grupo estava muito próximo, segurei a aceleração na reta para abrir uma distância e aproveitar melhor as curvas.

Porsche 911 2019 (Brasil)
Porsche 911 2019 (Brasil)

Depois de conseguir ficar alguns segundos atrás do resto do grupo, mudei para o modo Sport e notei que ele já tira um pouco das restrições do carro. O câmbio faz trocas mais agressivas e a eletrônica age um pouco menos, entrando em ação somente se a situação sair do controle. Quando estava ficando divertido, a volta acabou e tive que retornar aos boxes.

As voltas seguintes, com o Carrera S de tração traseira, mostraram um comportamento bem parecido com o que vimos na Espanha – e você pode ler o relato com mais calma, já que a experiência foi mais longa do que desta vez.

A última atividade foi para experimentar o Wet Mode (uma das novidades do 992) em um trecho molhado. O sistema usa sensores sônicos nas caixas de roda dianteiras, detectando o barulho da água e preparando o ajuste para pisos escorregadios. Quando o motorista ativar este modo, o carro deixa o acelerador mais suave e os controles de tração e estabilidade seguram o veículo.

Brincamos de fazer círculos na pista molhada, primeiro no modo Normal, depois no Sport, seguindo para o Sport com o controle de estabilidade desligado e, por fim, o modo Wet. Embora o 911 no modo Normal já ajude a manter o carro estável, ainda sai um pouco de frente ao acelerar demais. O esportivo vai perdendo o controle no Sport, escapando bem mais. Desligando o controle de estabilidade, o carro roda sem cerimônia ao pisar fundo no acelerador. Com o Wet Mode, você pode acelerar no máximo que ele continua andando em círculos totalmente sob controle.

O novo Porsche 911 já está disponível para encomenda nas concessionárias da marca, e as entregas estão previstas para acontecer entre abril e maio.

Fotos: divulgação