Aporte será aplicado nas fábricas de São Caetano do Sul e São José dos Campos

Após todas as incertezas geradas no início do ano quanto à viabilidade das operações na América do Sul, a General Motors volta a pensar positivo e anuncia nesta terça-feira (19) no Brasil um programa de investimento de R$ 10 bilhões. Conforme explica a empresa, o montante será aplicado entre os anos de 2020 e 2024 no estado de São Paulo e direcionado especificamente para as fábricas de São Caetano do Sul e São José dos Campos. O objetivo é viabilizar produção de novos produtos nas duas plantas e implementar tecnologias nos novos modelos que, nas palavras da companhia, "estarão em um novo patamar".

Galeria: Chevrolet S10 Turbodiesel 2019

O investimento é resultado, em especial, de negociações e concessões oferecidas tanto pelo governo do estado de São Paulo quanto pelas prefeituras locais. No primeiro caso, serão concedidos descontos de até 25% no ICMS para produtos fabricados no estado através do programa IncentivAuto. Para participar do programa, as empresas têm que apresentar plano de investimento superior a R$ 1 bilhão e criar, no mínimo, 400 empregos. Por sua vez, a prefeitura de São Caetano criou outro programa, o ProAuto, que prevê isenção e descontos em IPTU, ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) e nas contas de água e esgoto.

Ambas as administrações esperam retornos na cobrança de outros impostos, bem como na manutenção de empregos. O governador de São Paulo, João Dória, estima que 15.000 postos de trabalho serão preservados, ao passo que a GM adianta que o investimento criará 1.200 novas vagas (sendo 400 só de forma direta).

Durante a coletiva, Carlos Zarlenga disse que "hoje é um dia que eu pensei que não fosse chegar, mas chegou". O governador do estado ainda destacou que desde 19 de dezembro de 2018 já estava ciente da situação da General Motors, principalmente em São Paulo, e desde então vem lutando não só pela GM, mas também pelas demais fabricantes instaladas no estado. Um exemplo é a Ford, que após o anúncio do fechamento da planta de São Bernardo do Campo, já fez reuniões com Dória. 

Novos modelos

Apesar do anúncio, nenhum detalhe foi revelado quanto à identidade dos novos veículos. A fábrica de São José dos Campos atualmente produz a picape S10 e o SUV Trailblazer, então fica a expectativa para a nova geração de ambos. Já São Caetano abriga as linhas de montagem de Onix Joy, Montana, Cobalt e Spin. Fala-se que a nova geração do Tracker, já flagrada na China, poderá ser feita na unidade, além de uma provável picape abaixo da S10 para brigar com a Fiat Toro

Com reportagem de Leonardo Fortunatti