Vendas em baixa, paralisações na produção e alto custo dos estandes colocam mostra em risco

A crise econômica vivida pela Argentina nos últimos meses ameaça seriamente a realização da próxima edição do Salão do Automóvel de Buenos Aires. Conforme relata a imprensa local, a queda nos números de vendas, os anúncios de suspensão da produção em algumas fábricas e o alto custo dos estandes estão colocando em risco a mostra e alimentando rumores sobre um eventual cancelamento. Reunião realizada recentemente com representantes de várias marcas não trouxe boas perspectivas e o sentimento geral foi de desânimo.

Mais sobre a Argentina

No encontro, algumas fabricantes concordaram em participar do evento, mas outras ameaçaram não marcar presença. "Acreditamos que a mostra tem de ser realizada, mas entendemos a posição de algumas empresas que são contra isso por causa da delicada situação pela qual estamos passando", disse um executivo ligado à ADEFA, associação das fabricantes locais.

Se confirmado, este não será o primeiro cancelamento do Salão de Buenos Aires. O mais recente aconteceu em 2009, decorrente das complicações da crise econômica global, mas outros aconteceram antes de 2005.

Fonte: Ambito.com

Galeria: Salão de Buenos Aires 2017