Picape média chega ao Brasil importada do país vizinho e ganhará retoque design

A Ford Ranger produzida na Argentina receberá mais uma reestilização. Tudo indica que as mudanças estéticas serão as mesmas aplicadas na picape para o mercado norte-americano. Segundo o site Argentina Autoblog, a novidade fará parte da lista de lançamentos da Ford para 2019 – o que vai afetar o Brasil, já que a picape vendida por aqui vem importada dos nossos vizinhos.

Leia também

Nos Estados Unidos, a Ford Ranger tem dianteira diferente com uma grade por uma versão menor e mais fina, sem a parte cromada integrada ao para-choque. Os faróis tem novo desenho interno, o mesmo do SUV Everest e com uma iluminação diurna em LED diferente. Como a grade mudou, a Ford redesenhou o para-choque dianteiro, com uma entrada de ar espichada. Do outro lado, a traseira mudou menos, com novos vincos e lanternas com lentes novas.

Galeria: Ford Ranger 2019 - Flagra

Entre os novos equipamentos está uma versão melhorada do controle de cruzeiro adaptativo, com reconhecimento de placas e frenagem autônoma de emergência. A suspensão foi retrabalhada para reduzir o rolamento da carroceria. Na Austrália, está com novo motor 2.0 biturbo diesel de 213 cv e 50,9 kgfm de torque em combinação ao câmbio automático de 10 marchas. A versão acima é equipada com o 3.2 turbodiesel de 200 cv e 47,9 kgfm, com transmissão de seis marchas, manual ou automática.

Galeria: Ford Ranger 2019