Marcas importantes produzem no país, incluindo Toyota, Renault, FCA, Honda, Ford e Hyundai

A disputa político-comercial travada com os Estados Unidos poderá custar caro para o setor automobilístico da Turquia, afirmam agências internacionais. O país desenvolveu consideravelmente sua indústria nos últimos anos (a produção chega a 1,5 milhão de unidades anuais), mas tende a enfrentar problemas decorrentes da desvalorização da lira (moeda local) e da pressão exercida pelo governo estadunidense. Toda a tensão começou quando Washigton taxou em 25% o aço turco e Ancara devolveu impondo uma série de tarifas sobre produtos norte-americanos, incluindo automóveis e equipamentos eletrônicos.

Hyundai i20 2018 primera prueba

Atualmente, pelo menos 6 grandes montadoras mantém operações de porte considerável no país. A Ford fabrica as vans Transit, Transit Courier e o caminhão Cargo, a Fiat produz o Doblò (incluindo as versões RAM exportadas para os EUA), a Toyota concentra por lá a montagem do C-HR (abastece não só a Europa como também os EUA) e a Renault possui uma fábrica para Clio e Mégane. Além disso, a Hyundai produz os compactos i10 e i20 e a Honda fabrica algumas versões do Civic.

Fiat Doblo 2016
Renault Clio GT Line 2017

O setor representa pelo menos US$ 30 bilhões em exportações para o país e responde por parte considerável do PIB. Acontece que a lira turca desvalorizada acaba por comprometer diretamente a manutenção dessas operações, com reflexos diretos no andamento da economia. Se por um lado a moeda em baixa torna as exportações mais competitivas, por outro deixa peças vindas de fora consideravelmente mais caras. É exatamente nesse ponto que Toyota, Ford e Honda, que trazem muitos componentes de outros países, saem consideravelmente prejudicadas.

Leia também:

Por enquanto, as três estão tocando suas operações com certo nível de normalidade, mas um sinal de alerta ecoa por toda a indústria local. Especialistas chamam atenção para o perigo que é manter instalações importantes e com alto grau de produção em um país com tantas tensões políticas e econômicas.

Fonte: Automotive Logistics

Galeria: Toyota C-HR Hybrid - Europa