Apresentada no Salão de Milão do ano passado, ela mudou radicalmente de estilo

A Honda surpreendeu o mundo das duas rodas ao apresentar a nova geração da naked CB1000R com estilo totalmente diferente, aderindo à moda das motos retrô. O modelo foi destaque do Salão de Milão no ano passado e agora volta a ser notícia porque a marca acaba de fazer seu registro no Brasil, como mostram as imagens do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). 

 

A nova CB1000R é a materialização do conceito Neo Sport Café, chamando atenção pelo farol de LEDs em formato circular que faz oposição ao tanque com linhas angulosas e desenho para acomodação das pernas do piloto. Para ajudar no conforto, o guidão foi elevado em 1,3 cm e as pedaleiras não ficam muito recuadas. O painel manteve o visor totalmente digital, mas com novo display. Já o banco em dois níveis pode vir com uma cobertura removível que deixa a moto como monoposto. 

Honda CB1000 - Registro no INPI
Honda CB1000 - Registro no INPI

O motor de 4 cilindros e 999 cc refrigerado a líquido ganhou 20 cv, chegando a 145 cv a 10.500 rpm, e mais 0,5 kgfm de torque, totalizando 10,4 kgfm a 8.250 rpm. Para entregar mais força em giros médios, o escape 4x1 teve o fluxo modificado e recebeu uma ponteira "bocuda". O desempenho também foi beneficiado por conta da redução de 12 kg no peso da moto, sendo 2,5 kg no novo chassi. 

Leia também:

Como tem se tornado comum nas motos modernas, há três modos de pilotagem: chuva (com potência reduzida e controle de tração mais alerta), Standard e Sport (potência máxima e menos intervenção da eletrônica). As suspensões são de bengalas invertidas na dianteira e monoamortecida na traseira, com rodas aro 17" vestindo pneus 120/70 na frente e 180/55 atrás. Por fim, os freios a disco possuem ABS e CBS, para equilibrar as forças de frenagem na dianteira e traseira.  

Honda CB1000R 2018

Atualmente, o portfólio de nakeds da Honda do Brasil é composto pelas CB Twister, CB 500F e CB 650F, faltando a CB1000R para completar a família, como acontecia com a geração anterior - que tinha o design parecido com o da Hornet 600. O registro no INPI pode significar que essa espera está para acabar...

Fotos: divulgação e reprodução

 

Galeria: Honda CB1000 - Registro no INPI