Ganha um novo motor 1.5 de 102 cv no lugar do antigo 1.3 de 85 cv

A Suzuki cumpriu sua promessa de revelar oficialmente o Jimny no dia 5 de julho, divulgando todos os detalhes técnicos da nova geração do clássico off-roader. Ele será lançado no Brasil, com apresentação marcada para o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, e chegará importado, convivendo com a geração antiga - que seguirá em produção em Catalão (GO).

No mercado europeu, o pequeno SUV recebe um novo motor 1.5 a gasolina, no lugar do antigo 1.3. A fabricante japonesa diz que ele entrega mais torque em praticamente toda a faixa de rotação do motor, principalmente em baixo regime "melhorando o desempenho, especialmente fora da estrada." Apesar da cilindrada ser maior, o novo motor é 15% mais leve do que o anterior e muito mais eficiente.

Mais sobre o novo Suzuki Jimny:

O 1.5 de quatro cilindros tem injeção multiponto e gera 102 cv a 6.000 rpm, enquanto o torque máximo de 13,2 kgfm é alcançado a 4.000 rpm. Será combinado a uma transmissão manual de 5 marchas, com relação de marchas ajustada para o novo motor, melhorando seu rendimento energético, enquanto entrega trocas de marchas mais sólidas e diretas. Graças à nova alavanca de câmbio e sua estrutura, a vibração do motor invade menos a cabine. Também estará disponível com uma transmissão automática de 4 marchas, que agora´em ais eficiente pela redução na fricção.

Suzuki Jimny 2019
Suzuki Jimny 2019
Suzuki Jimny 2019

A força do motor 1.5 é transmitida para as quatro rodas pelo sistema Allgrip Pro AWD da Suzuki, que a marca diz ser "desenvolvido para profissionais." É um sistema 4x4 com marcha reduzida e três modos de direção - 2H (tração dianteira), 4H (tração nas quatro rodas), e 4L (tração nas quatro rodas reduzida), facilmente selecionado por um botão giratório. O sistema ainda conta com um controle de tração que atua diretamente nos freios, reduzindo a velocidade da roda que está girando em falso quando necessário.

Suzuki Jimny 2019
 

Naturalmente, o novo Jimny continua a ter uma construção carroceria sobre chassi, mas é equipado com novos componentes para a suspensão que aumentam a rigidez torcional. A suspensão traseira foi revisada para permitir um ângulo de entrada de impressionantes 37° e 49° de ângulo de saída.

Fonte: Suzuki

Galeria: Suzuki Jimny 2019