Depois da Autolatina na década de 1980, marcas mais uma vez planejam aproximação

Ford e Volkswagen pegaram o mercado de surpresa nesta semana ao anunciarem a assinatura de um memorando de entendimento para início de uma aliança estratégica no setor de veículos comerciais. De acordo com as empresas, a união de forças terá como objetivo reduzir os custos de produção e acelerar o desenvolvimento de uma variedade de projetos com benefícios para ambas as partes.

Detalhes não foram revelados, mas é certo que a aliança não prevê acordos acionários ou participações proprietárias cruzadas.

Novidades Ford e VW:

“Os mercados e a demanda dos clientes estão mudando a uma velocidade incrível. Ambas empresas já possuem posições fortes e complementares em diferentes segmentos de veículos comerciais. Para nos adaptarmos a este ambiente desafiador, é de extrema importância ganhar flexibilidade por meio de alianças. Esse é um elemento chave da Estratégia do Grupo Volkswagen 2025. A potencial cooperação industrial com a Ford é vista como uma oportunidade para melhorar globalmente a competitividade das duas empresas", disse Thomas Sedran, diretor de estratégia da VW.

Ford Tourneo Courier 2016

Falando em nome da Ford, o chefe de mercados globais Jim Farley também se mostrou otimista: "a Ford está comprometida em melhorar a sua condição como negócio e utilizar modelos de negócios adaptativos, o que inclui trabalhar com parceiros para melhorar a nossa efetividade e eficiência". “Esta potencial aliança com o Grupo Volkswagen é outro exemplo de como podemos melhorar nossa condição como negócio, criando um portfólio global de produtos de sucesso e ampliando nossas capacidades", completou.

No Brasil nas décadas de 1980 e 1990, Ford e Volkswagen já trabalharam juntas no âmbito da chamada Autolatina, que resultou no desenvolvimento conjunto de modelos como Pointer, Logus, Apollo, Verona e Versailles.

Fotos: Divulgação

Galeria: Volkswagen Caddy 2015