Sedã descontinuado na América Latina segue firme e forte na China

Apesar de descontinuado na América Latina desde 2014, o sedã Bora, um dos mais conhecidos da Volkswagen, segue firme e forte à venda na China. Produzido localmente em parceria com a FAW, o modelo acaba de mudar de geração e incorporar os mais recentes recursos tecnológicos do grupo alemão. Adota visual com características que remetem ao gosto do consumidor chinês e, ao mesmo tempo, agrega elementos inspirados no novo Jetta (também produzido e vendido naquele país).

Leia também:

 

No geral, a carroceria de 4,66 metros de comprimento incorpora faróis e lanternas recortados, além de vincos bem definidos tanto nas laterais e quanto no capô. Na cabine, o espaço interno é garantido pelos 2,68 metros de entre-eixos e a conectividade fica por conta do novo sistema de entretenimento. O painel, aliás, remete bastante ao interior do Jetta, principalmente no formato do console e no posicionamento das saídas de ar, além da própria tela multimídia.

Volkswagen Bora 2018 - China
 

Sob o capô, a VW oferta duas opções de motor: 1.5 aspirado de 116 cv e 1.4 turbo de 150 cv. O primeiro pode vir ligado a um câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 posições, enquanto o segundo vem sempre associado à caixa DSG de 7 marchas.

Fotos: Divulgação

Galeria: Volkswagen Bora 2018 - China