Avanço foi de 5,9% sobre o mesmo período de 2018, com destaque para China, EUA e Brasil

A Volkswagen anuncia nesta semana o registro de vendas globais recordes no 1º trimestre de 2018. Conforme detalha a marca, foram entregues em todas as regiões do planeta durante o período 1,53 milhão de veículos, o que representa crescimento de 5,9% sobre os números de 2017. A China despontou como mercado de maior crescimento, mas o Estados Unidos também tiverem desempenho considerável - principalmente quando se leva em conta o escândalo do Dieselgate ainda presente na lembrança dos consumidores.

Leia também:

No populoso país asiático, as vendas somaram 757.700 unidades e cresceram 8,6% sobre o período anterior. Entre os modelos, se destacaram os sedãs Jetta, Lavida e Santana, além do SUV Teramont. Na Europa, as entregas subiram 6% e totalizaram 454 mil unidades. A Alemanha registrou crescimento de 7,3% (138.700 veículos), ao passo que a Rússia subiu 19% (21.300 unidades).

2018 Volkswagen Atlas R-Line

Nos EUA, foram 84 mil veículos vendidos e alta de 10%, impulsionada especialmente pelo Tiguan Allspace e pelo grandalhão Atlas. Na América do Sul, o crescimento foi mais tímido, apenas 1,1%, mas ainda assim bastante comemorado, com um total de 100.800 exemplares emplacados. Levando em conta apenas o Brasil, foram 61.600 entregas, com alta de 4%. Aqui, os modelos Polo e Virtus foram destaque.

Fotos: Divulgação e Arquivo Motor1.com 

Gallery: VW Virtus Highline avaliação

Foto de: Redação