Iniciado pelo Brasil em outubro do ano passado, o lançamento do Chevrolet Equinox nos países da América do Sul não deve demorar para acontecer também na Argentina. Em anúncio recente, a marca confirmou que começará a vender o SUV por lá no mês de setembro, igualmente importado do México. O conjunto mecânico ainda não foi definido, mas não deve fugir das opções já disponíveis em outros mercados: motor 2.0 turbo de 262 cv e câmbio automático de 9 marchas ou motor 1.5 turbo de 170 cv e transmissão automática de 6 relações.

Salão de Genebra: Chevrolet Captiva ganha reestilização na Europa
Salão de Genebra: Chevrolet Captiva ganha reestilização na Europa

Leia também:

Um detalhe curioso é que, apesar do porte semelhante, a marca manterá em oferta o Captiva - importado da Coreia do Sul (fotos acima) e diferente daquela versão que foi vendida no Brasil anos atrás. A expectativa é que o Equinox seja posicionado um degrau acima, bem próximo do Trailblazer. O Captiva, porém, terá a particularidade de oferecer 7 assentos e motor a diesel. Abaixo de todos, no acesso da gama, o trabalho continuará sendo desempenhado pelo Tracker.

Chevrolet Equinox Premier 2018

Para 2020, a General Motors promete para a Argentina o lançamento de um modelo inédito, produzido localmente e ainda cercado de mistérios. Consumirá US$ 500 milhões em investimentos e é descrito apenas como Projeto A.V.A. (sigla para “Alto Valor Agregado”). Especulações apontam para o lançamento de um novo SUV. A conferir.

Fonte: Autoblog Argentina 

Galeria: Impressões ao dirigir - Chevrolet Equinox 2018

Foto de: Redação
Envie seu flagra! flagra@motor1.com