Yaris Cross tem motor 1.5 de 108 cv e câmbio manual de 5 marchas, na medida para substituir o Etios aventureiro

A Toyota criou uma versão aventureira para o Yaris, por enquanto exclusiva para a África do sul. O chamado Yaris Cross segue a receita típica destes modelos, com plástico nas laterais e visual mais parrudo. Mas, assim como o Etios Cross, o Yaris não teve alteração na suspensão, mantendo a mesma altura em relação ao solo que o modelo normal. Será uma opção para aposentar o Etios Cross no nosso mercado quando o Yaris começar a ser produzido em Sorocaba (SP), no segundo semestre.

Leia também:

O Yaris Cross se distingue pelas mudanças no visual. Tem moldura de plástico preto sobre as caixas de roda e nas saias laterais, além de rack preto no teto e placas de metal embaixo dos para-choques. Traz faróis com luzes diurnas em LED e rodas de liga leve de 16 polegadas. As medidas são as mesmas da versão "civil": 4,14 metros de comprimento, 1,73 m de largura e 1,47 de altura, com a mesma altura em relação ao solo (apenas 135 mm).

Toyota Yaris Cross

O Yaris Cross será oferecido com uma única motorização: 1.5 Dual VVT-i de 108 cv e 14,2 kgfm de torque, combinado exclusivamente ao câmbio manual de 5 marchas e com tração dianteira. Descartaram o uso da transmissão automática CVT, disponível na versão normal do hatch. Vem equipado com ar-condicionado digital, acabamento de couro, sete airbags, e costura preta no volante e na alavanca do câmbio.

Por sua receita ser semelhante ao do Etios Cross e pela falta de um SUV compacto no Brasil, a Toyota poderia apostar no Yaris Cross. O hatch comum será lançado neste ano, produzido em Sorocaba e posicionado acima do Etios, inclusive com uma versão sedã para 2019. Irá brigar com Fiat Argo/Cronos e Volkswagen Polo/Virtus.

Fotos: Divulgação

Toyota Yaris Cross