Como comparação, o coupé custa US$ 119.995, e achamos que vale cada centavo

Quando a Chevrolet mostrou unidades camufladas antes do lançamento do ZR1 em Dubai, conseguimos ver um conversível junto. Sabíamos que ele existiria, mas não era esperado que aparecesse tão cedo - usando a mesma cor, um nada discreto laranja - no Salão de Los Angeles. Não por menos, é o mais potente conversível já produzido pela marca, e ele é surpreendente. 

Chevrolet Corvette ZR1 Conversível

Não há muitos detalhes - bem poucos na verdade - além do preço: US$ 123.995 para o conversível e US$ 119.995 para o coupé. É um belo salto se comparado com o Z06, mas se pensar em outros carros com dois lugares, 765 cv e velocidade máxima além dos 336 km/h,ainda é uma barganha. Além disso, ele será o único Chevrolet Corvette ZR1 Conversível da história. Ao menos, um ZR1 com motor dianteiro conversível. Suspeitamos que terão alguns interessados gastando um pouco mais de dinheiro para ter um desses. 

A maior dúvida é como a ausência do teto interfere na aerodinâmica do ZR1. A Chevrolet disse que o desenho do Corvette e outros detalhes aerodinâmicos são quase mais importantes que o motor V8 supercharger LT5, sendo o downforce um fator significante para a Chevrolet ter escolhido ele para tentar o recorde de Nürburgring. Normalmente, um carro sem teto tem mais peso e menos desempenho, então não é o preferido para quem busca tirar milésimos de segundos em uma prova. Há coisas mais importantes para se preocupar, como seu cabelo a mais de 320 km/h. 

Leia também:

Ao final, suspeitamos que a pouca degradação do downforce ou velocidade - se houver - não serão problema para quem comprar este carro. É um Corvette Conversível com 765 cv de fábrica, com um belo supercharger na frente e pneus prontos para virarem fumaça atrás. Não podemos esperar até poder dirigi-lo. 

Fonte: Chevrolet

Chevrolet Corvette ZR1 Conversível