Finalmente foi revelado e valeu a espera

Dubai provavelmente é o último lugar do mundo onde você iria esperar que o Corvette ZR1, um dos mais icônicos esportivos norte-americanos, iria fazer sua esperada estreia. Mas a Chevrolet deve ter um bom motivo para escolher o Salão de Dubai como palco para apresentar o Corvette de produção mais poderoso e mais rápido já desenvolvido.

Leia também:

“O rei está de volta, mais forte do que nunca," diz o comunicado para a imprensa, e o ZR1 não está abaixo dessa declaração, graças ao seu exclusivo motor 6.2 supercharged V8 LT5, que produz poderosos 765 cv a 6.300 rpm e um imenso torque de 98,8 kgfm a 4.400 rpm. Para conseguir esse desempenho, os engenheiros da Chevrolet desenvolveram um sistema de injeção dupla de combustível, o primeiro da General Motors.

Para agradar os dois mundos, a empresa do emblema de gravata borboleta irá vender o Corvette ZR1 nas versões com câmbio manual de 7 marchas e automático de 8 posições. É a primeira vez na história do ZR1 que será vendido com uma transmissão automática. O novo capô de fibra de carbono foi criado para ajudar a resfriar o motor anabolizado, gerando a maior potência já vista em um carro de produção da Chevrolet capaz de andar as ruas.

2019 Chevy Corvette ZR1
2019 Chevy Corvette ZR1

O novo ZR1 tem muito mais do que um motor potente. Recebeu melhorias aerodinâmicas comparado com o modelo topo de linha anterior, o Z06. Os clientes podem escolher entre dois pacotes aerodinâmicos: o padrão com asa traseira Low Wing ou o opcional High Wing com dois níveis de ajuste. Quem quiser o máximo de velocidade possível terá que ficar com o padrão Low Wing, que permite que o ZR1 passe dos 338 km/h. Apesar de ser a configuração padrão, o ZR1 no modo Low Wing ainda gera 70% mais downforce do que o Z06.

Para quem quiser voltas rápidas na pistas, a configuração High Wing é mais adequada, pois tem 60% mais downforce do que o Z06 equipado com o pacote de desempenho Z07. Independente da escolha, o ZR1 ainda bem com uma asa dianteira. Quem pegar o carro com o High Wing ainda receberá o pacote opcional ZTK, que adicionar um difusor dianteiro. O kit também traz um ajuste especial para o chassi e suspensão com Magnetic Ride Control, além dos pneus Michelin Pilot Sport Cup 2.

Aqueles que estiverem dispostos a gastar ainda mais podem pedir pelo pacote Sebring Orange Design, que adiciona detalhes laranjas no mesmo tom que a carroceria, com a pintura Sebring Orang Tintcoat. O tema alaranjado continua do lado de dentro nos cintos de segurança e na costura do acabamento, com alguns detalhes em alumínio pintado de bronze,

A Chevrolet diz que o Corvette ZR1 começará a ser vendido na metade do ano que vem, sem revelar quanto irá custar. Com certeza será bem mais caro do que o Z06, que parte de US$ 79.495 (R$ 261.789).

Fonte: Chevrolet

Chevrolet Corvette ZR1 2019