Protótipo desenvolvido para o SEMA ameaça quebrar recorde do Honda em Nürburgring

Criação da Toyota para apresentação exclusiva no SEMA Show, este protótipo super preparado do crossover C-HR tem dado o que falar nos últimos dias. Equipado com motor 2.4 turbo capaz de entregar mais de 600 cv, o modelo é descrito pela marca como o "SUV mais rápido do mundo" - e o executivo Dan Gardner diz ter todos os motivos possíveis para acreditar nisso. Posto à prova no circuito americano de Willow Springs, o modelo cravou o tempo de 1 minuto 25,22 segundos e foi mais rápido até que modelos consagrados, como o Lamborghini Aventador e o Porsche 911 GT3. O resultado levantou questionamentos sobre uma eventual ida a Nürburgring e, como resposta, a Toyota fez provocações.

Leia também:

2018 Toyota C-HR R-Tuned

De acordo com a marca, não há planos concretos para levar o modelo ao chamado "inferno verde". Apesar disso, dirigentes envolvidos no projeto garantem que ele seria capaz de facilmente desbancar o Honda Civic Type R, atual detentor do título de veículo de tração dianteira mais rápido do circuito. "O carro foi construído para a SEMA e a Toyota não tem planos para isso agora", disse Gardner em entrevista à revista britânica Autocar. "Mas é algo real. Pessoalmente, seria um sonho levá-lo ao Nordschleife. Não tenho dúvidas de que poderia redefinir o recorde de tração dianteira por lá", completou.

2018 Toyota C-HR R-Tuned

Sob o capô, o motor 2.4 turbo entrega exatos 608 cv e trabalha sempre em conjunto com um câmbio manual de 5 marchas. De acordo com dados de fábrica, a aceleração de 0 a 96 km/h é feita em apenas 2,9 segundos.

Fotos: Divulgação

Toyota SEMA