Revestimento de borracha agora é bem mais discreto e cobre apenas a base das portas

Em evento realizado nesta quinta-feira (26) em Paris, na França, a Citroën apresentou o renovado C4 Cactus 2018. Considerado um dos precursores da atual filosofia de design da marca, o modelo recebe mudanças visuais evolutivas e incorpora os mais recentes sistemas de segurança e assistência à condução do grupo PSA. Na prática, as novidades implicaram em um leve reposicionamento dentro do portfólio da marca, com perfil mais voltado para um hatchback elegante do que propriamente para um SUV descolado.

Leia também:

À primeira vista, a ausência dos gigantescos Airbumps que cobriam as laterais é o que mais chama a atenção. Agora discreto, o revestimento de borracha diminuiu de tamanho e, sem exageros, passou a cobrir apenas a base das portas. Já na dianteira, o destaque fica por conta da forte inspiração vinda do novo C3, especialmente na composição do conjunto que reúne os faróis de dois andares, a grade e o para-choque. A traseira, por sua vez, ganhou lanternas mais horizontais, para-choque remodelado e linhas gerais mais limpas.

2018 Citroen C4 Cactus

Por dentro, a Citroën diz que equipou o Cactus com o que há de mais modernos em termos de tecnologia e conforto. A espuma dos bancos, por exemplo, é 15mm mais grossa que a anterior e o isolamento acústico da cabine está entre os melhores do segmento, principalmente por conta da adoção de vidros mais espessos. O sistema de entretenimento Connect Nav tem 7 polegadas e interage com as plataformas Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink. A marca destaca ainda a presença do TomTom Traffic, que atualiza o motorista com informações sobre o trânsito, e do sistema SOS, que aciona serviços de emergência em caso de acidentes.

2018 Citroen C4 Cactus

Na mecânica, o sistema de suspensão Progressive Hydraulic Cushion é inédito em um carro de produção da marca. Ele garante conforto extra em baixas velocidades e suaviza os solavancos gerados por eventuais buracos ou imperfeições da estrada. Sob o capô, a oferta de motores inclui 3 opções a gasolina (PureTech com 82, 110 ou 130 cv) e uma turbodiesel (BlueHDi de 100 cv). O câmbio pode ser manual de 5 ou 6 marchas, e automático de 6 posições.

As vendas nos principais mercados da Europa serão iniciadas no ano que vem.

Fotos: Divulgação 

Galeria: Citroen C4 Cactus