À venda no Brasil por R$ 4 milhões, ele faz tudo que você espera. E ainda tem uma dinâmica que você NÃO espera

O novo Rolls-Royce Ghost faz o "básico". Entenda isso como um carro elegante, luxuoso, ostentoso e assim por diante, como se espera de um legítimo Rolls. Mas, embora possa não parecer pelo design que lembra o antecessor, esse novo "fantasma" se revela mais do que especial quando o dirigimos. 

O motivo é o que não vemos, ou seja, o que está por baixo do carro. Por um tempo, a Rolls Royce confiou nas plataformas da BMW, mas agora o "baby-Rolls" ganha a mesma base de seus irmãos Cullinan e Phantom. Junte isso a uma tecnologia de suspensão avançada, alguns recursos inéditos, um motor V12 impressionante e, finalmente, o Ghost tem habilidades de condução que combinam com sua aparência chique. 

2021 Rolls-Royce Ghost Exterior
2021 Rolls-Royce Ghost Exterior
2021 Rolls-Royce Ghost Exterior

Iate de alta performance

Escondido sob o gigantesco capô está o épico motor V12 biturbo de 6.8 litros da marca. Nos últimos anos, a Rolls-Royce se recusou a dizer quanto seus carros produziam de força - era simplesmente "adequado" e isso é tudo que você precisava saber. Mas agora a companhia ostenta com orgulho os 571 cv de potência e 86,7 kgfm de torque do novo Ghost, e há uma boa razão para isso: esse carro corre!

Pé embaixo, modo "Low" de condução selecionado (essencialmente o modo Sport da Rolls-Royce) e o Ghost deixa para trás a marca de 100 km/h em apenas 4,8 segundos. Isso é ridiculamente rápido para um carro que pesa mais de 2,5 toneladas! O pico de torque vem logo a 1.600 rpm enquanto o enorme V12 guarda sua potência acumulada para perto da linha vermelha do conta-giros. Você não pode trocar manualmente as 8 marchas do câmbio automático (por que você ia querer ter trabalho?), mas a eletrônica faz isso com uma determinação nítida. 

O motor V12 turbo faz esse colosso de 2,5 toneladas chegar aos 100 km/h em ridículos 4,8 segundos

E como dissemos no começo, o Ghost é sim um carro decente do ponto de vista do motorista - ou melhor, decente o suficiente para um Rolls - graças à algumas atualizações sofisticadas de suspensão. Molas pneumáticas (a ar), amortecedores adaptativos que monitoram a estrada e mais um outro conjunto de amortecedores para os braços de controle da suspensão funcionam excepcionalmente bem para neutralizar os movimentos da carroceria.

A adição do eixo traseiro direcionável e da tração nas quatro rodas também ajuda o Ghost a se sentir mais fluido nas curvas e mais fácil de manobrar em estacionamentos apertados. Ele certamente parece menor ao volante do que é realmente.     

2021 Rolls-Royce Ghost Exterior

Mas, acima de tudo, o Ghost 2021 é um excepcional cruzador. Essa nova geometria impressionante de suspensão não só melhora o manuseio como também aumenta o conforto na estrada - como se isso fosse um problema no modelo anterior. O novo Rolls anda como se estivesse no topo de uma nuvem, absorvendo solavancos e emendas de asfalto sem nem mesmo dar de ombros, além de devorar quilômetros e quilômetros de rodovia melhor do qualquer outro carro desta classe. 

Embora a melhor maneira de experimentar um Rolls-Royce (ainda) seja no banco de trás, o novo Ghost torna a condução mais relaxada com um novo equipamento de segurança ativa. Herança de tecnologia da BMW, ele conta com controlador de velocidade adaptativo com monitoramento de distância para os outros carros e assistência para se manter na faixa, e tudo funciona muito bem. 

2021 Rolls-Royce Ghost Interior
2021 Rolls-Royce Ghost Interior
2021 Rolls-Royce Ghost Interior

Adição por subtração 

A Rolls-Royce usa o termo "pós-opulência" para descrever o novo Ghost 2021. O que isso significa em termos leigos é: menos é mais. Os designers mantiveram a simplicidade, dispensando elementos de estilo rebuscados (como as três entradas de ar inferiores, faróis curvados e grade protuberante) para optar por linhas mais limpas. 

Agora uma única abertura retangular decora a parte inferior do para-choque, enquanto faróis de LED perfeitamente afilados adornam ambos os lados do painel frontal e a grade em cascata agora fica quase totalmente nivelada à frente. Ah, e esta grade tem 20 LEDs embutidos atrás das aletas para emitir um brilho sinistro à noite. É um fantasma, não?

Grade conta com 20 LEDs atrás das aletas para emitir um brilho sinistro à noite. É um fantasma, não?

Por baixo da minimalista carroceria está a nova plataforma compartilhada com o SUV Cullinan e o Phantom, ou seja, se foi o esqueleto do BMW Série 7 usado pelo modelo anterior. Com essa base, o Ghost se estendeu para 5,546 metros de comprimento, com um entre-eixos de impressionantes 3,29 metros. Sim, mesmo sendo o menor dos Rolls, ele ainda é um carro grande. E você ainda pode optar pela versão alongada que adiciona 17 cm ao sedã britânico. 

Naturalmente, as medidas extras resultaram em uma cabine extremamente espaçosa. Para efeito de comparação, o interior padrão do Ghost 2021 é quase tão cavernoso quanto o do modelo alongado da geração anterior. Há muito espaço para a cabeça e para as pernas nos bancos dianteiros e, mesmo quando estes estão totalmente recuados, ainda dá para se esparramar no banco de trás. Sim, o Phantom e o Cullinan são maiores por dentro, mas o Ghost ainda parece devidamente espaçoso se levarmos em consideração o quanto ele é menor que seus irmãos. 

2021 Rolls-Royce Ghost Interior
2021 Rolls-Royce Ghost Interior
2021 Rolls-Royce Ghost Interior
2021 Rolls-Royce Ghost Interior

A mesma grana, novos recursos

Como esperado, os materiais do interior são incomparáveis. A Rolls é tímida nos detalhes, mas nosso carro de teste exibia uma bela combinação de couro branco, preto e laranja da mais alta qualidade nos assentos, painel e laterais de porta - os compradores podem personalizar a cabine da forma como acharem melhor. Um emblema "GHOST" habita o painel do passageiro - caso você esqueça o que está dirigindo - e, pela primeira vez, este modelo recebe as estrelas iluminadas no teto, um dos nossos recursos favoritos no mundo dos automóveis. 

Muitos dos elementos clássicos da Rolls-Royce também foram mantidos. Não existem telas desnecessárias ou controles capacitivos para coisas simples como regulagens de temperatura ou do áudio. No lugar dessas invencionices, temos botões e mostradores testados e aprovados ocupando o bem-organizado painel. 

Essa abordagem, digamos, antiquada também se aplica à tecnologia a bordo. A Rolls simplesmente reconfigurou o desatualizado software iDrive 6 da BMW com gráficos mais agradáveis. Mas continua a oferecer apenas a conexão Apple CarPlay, e somente por cabo (porta USB-C). Android Auto não é uma opção, bem como qualquer compatibilidade sem fio que não seja o Bluetooth. Mesmo a "generalista" BMW já oferece o Apple CarPlay e Android Auto sem fio. 

2021 Rolls-Royce Ghost Exterior

O pináculo

Não há outro carro desta categoria que exemplifique o conceito de luxo de ponta como o novo Rolls-Royce Ghost 2021. É o sedã mais opulento e sofisticado que você encontrará fora de, bem, outro Rolls. Foi uma evolução cuidadosa destacada por um design minimalista, potência extra e uma dinâmica de condução sólida que torna o sedã de "entrada" da marca ainda mais atraente. 

Mesmo que seja o mais barato dos Rolls-Royce, ainda estamos falando de um preço inicial de US$ 332.500 nos EUA - e que pode chegar facilmente aos US$ 432.000 com alguns opcionais como os do carro avaliado (no Brasil ele já pode ser encomendado com valores a partir de R$ 4 milhões). Mas, para quem nada em dinheiro, esse é um preço justo a se pagar por uma joia exclusiva, grande e que anda tão bem. 

Fotos: Divulgação/Motor1.com 

Galeria: Rolls-Royce Ghost 2021 (Avaliação)

2021 Rolls-Royce Ghost

Motor V12 biturbo, 6.8 litros
Potência 571 cv / 86,7 kgfm
Transmissão Automática de 8 marchas
Tipo de direção Tração integral
0 a 60 mph 4,8 segundos
Velocidade Máxima 250 km/h (limitada eletronicamente)
Consumo de combustível Consumo médio: 8 km/litro
Peso 2.565 kg
Número de assentos 5
Preço de entrada a partir de R$ 4 milhões (Brasil, sob encomenda)