Lançados em 2015 e renovados em 2018, eles voltam a se encontrar para ver quem evoluiu mais

Foram eles que, em 2015, acabaram com o marasmo da vida do EcoSport, que até então tinha apenas o Duster como concorrente. Honda HR-V e Jeep Renegade foram a sensação daquele ano, criando desde filas de espera até pagamento de ágios nada baixos, tudo para colocar um dos dois modelos mais desejados da época na garagem. Mas, como bons "pioneiros", eles precisaram mudar antes de todo mundo para continuar com força, principalmente que depois apareceram Hyundai Creta e Nissan Kicks - e logo virá o VW T-Cross.

Além de mostrar as mudanças da linha 2019, reunimos Jeep Renegade Limited e Honda HR-V EXL para ver o quanto cada um amadureceu neste tempo e os ajustes que receberam com o passar dos anos. Afinal, eles podem até ter nascido na mesma época e chegaram a brigar pela liderança do segmento, mas a vida ensinou coisas diferentes para cada um deles. 

Espaço e praticidade

Mesmo depois de mais de três anos, o HR-V ainda se destaca quando falamos em acomodação. Só no entre-eixos são 40 mm a mais que no Renegade, o que já explica a considerável diferença de espaço principalmente no banco traseiro. Além disso, ainda há o sistema que a Honda batizou recentemente de Magic Seat, no qual é possível modular o banco traseiro de diversas formas, aproveitando o espaço deixado pelo tanque de combustível, que fica embaixo dos bancos dianteiros. Falando em bancos, a Honda modificou os dianteiros do HR-V 2019, deixando-os mais confortáveis, maiores e com novas espumas. 

Jeep Renegade x Honda HR-V
Jeep Renegade x Honda HR-V

Durante o período de avaliação, cheguei a colocar as mesmas cinco pessoas (todos adultos) no Renegade e no HR-V. Nesta situação, ficou bem clara a diferença de espaço entre eles, principalmente para os ombros e para as pernas dos três do banco traseiros, tanto pelo maior entre-eixos quanto pelo piso plano central. Para até quatro pessoas, o Jeep ainda vai bem, mas até mesmo seu assento é menor se comparado ao oponente. Parece que a Jeep deixou para o Compass a tarefa de ser espaçoso. 

Jeep Renegade x Honda HR-V
Jeep Renegade x Honda HR-V

No começo de 2018, o Renegade adotou o estepe temporário (popularmente conhecido como estepe fino) para dar mais espaço no porta-malas, o que aumentou o espaço de 273 l para 320 litros, mas mesmo assim é consideravelmente menor que o do HR-V, com 437 litros. Ao menos o Jeep tem mais porta-objetos para guardar carteira, celular e afins entre os bancos dianteiros e uma tomada USB dedicada para o banco traseiro - no HR-V, é uma tomada 12V. Saída de ar para a segunda fileira não existe em ambos. 

Acabamento e equipamentos

Se o Renegade não tem a mesma acomodação do HR-V, o contra ataque vem em outra forma. Desde que foi lançado, o Jeep produzido em Goiana (PE) é elogiado pelo nível de acabamento que trouxe e depois foi colocado no Compass. Impressiona ao olhar com peças bem encaixadas e material emborrachado em boa parte do painel. Na linha 2019, o Renegade enfim aboliu aquela pequena tela multimídia, substituída pela mesma tela de 9" do Compass, acompanhada dos botões que podem controlar o sistema de som e o ar-condicionado. 

Jeep Renegade x Honda HR-V

O HR-V é mais sóbrio, mas longe de ter um acabamento simples. Ainda é melhor que o do Hyundai Creta e do Nissan Kicks, por exemplo, mas a tela multimídia tem 7" e o painel de instrumentos quase todo analógico, enquanto o Renegade Limited utiliza uma tela de 7" de alta definição. O console central alto divide a parte dianteira da cabine em duas áreas, uma solução que não toma muito espaço e, agora com acabamento em preto piano, dá um certo requinte ao interior. 

Jeep Renegade x Honda HR-V

A lista de equipamentos das duas versões de topo (no Jeep consideramos apenas a motorização flex) é bem parecida. Tanto o Honda HR-V EXL quanto o Jeep Renegade Limited trazem controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, piloto automático, conjunto elétrico, computador de bordo (mais completo no Jeep), direção elétrica com coluna ajustável em altura e profundidade, sistema multimídia com espelhamento de smartphones por Apple CarPlay e Android Auto, freio de mão elétrico, luzes diurnas em LEDs e bancos em couro. 

Jeep Renegade x Honda HR-V
Jeep Renegade x Honda HR-V

O Jeep tem a mais as rodas de 19" (17" no Honda), faróis principais e de neblina em LED, retrovisor interno fotocrômico, sete airbags (contra seis do HR-V), painel de instrumentos com tela TFT, ar-condicionado de duas zonas, partida e abertura de portas com chave presencial e a opção de teto-solar panorâmico, este por R$ 7.000. No HR-V, há brake hold, rebatimento elétrico dos retrovisores externos e lanternas em LED - algo que a Jeep poderia ter trazido do Renegade europeu, mas não o fez "por custos".

Ao volante

Se analisarmos os motores de ambos os SUVs, eles têm concepções bem parecidas. Ainda vivem com comando único no cabeçote com variador de fase e tem até números próximos de potência e torque, com o Renegade trazendo como "vantagem" o coletor de admissão variável. Sim, já estão ficando antigos e, por isso mesmo, já ganharam motores turbo com injeção direta em alguns mercados, com chegada no Brasil entre este ano (1.5 no HR-V) e 2020 (1.3 no Jeep). 

'

Dos dois, o único que teve algum ajuste mecânico na linha 2019 foi o HR-V. Apesar de manter o mesmo câmbio CVT com simulação de 7 marchas, o software foi reprogramado para dar mais linearidade e conforto nas acelerações. Ou seja, ele não trava mais numa determinada rotação antes de acelerar, mas sobe giro como um automático tradicional, acompanhando a aceleração. 

Jeep Renegade x Honda HR-V

Acompanhada de uma melhora no isolamento acústico da cabine, essa mudança foi extremamente positiva para o HR-V em termos de conforto. Ao comprador deste segmento, isso é mais importante que o desempenho, e foi isso que a Honda acabou prejudicando. Em nossos testes, o HR-V 2019 ficou 0,9 segundo mais lento no 0 a 100 km/h (11,4 s), mas ainda assim foi mais rápido que o Renegade e seus "eternos" 13,1 segundos.

Foi de olho justamente numa qualidade do Renegade que a Honda trabalhou no HR-V 2019. Ao compartilhar a mesma estrutura com as versões 4x4, o Jeep é mais rígido e isolado desde seus primeiros exemplares. Isso resulta em um trabalho de suspensão mais equilibrado e até mesmo as vibrações do motor 1.8 são pouco sentidas - afinal, ele precisa segurar a aspereza de um motor a diesel nas outras versões. 

Jeep Renegade x Honda HR-V

Acontece que, para ter essa estrutura, o Renegade acabou ficando 250 kg mais pesado que o HR-V. E isso prejudica a relação peso/potência e peso/torque do Jeep, que mesmo mais forte, tem mais massa para levar a cada cv ou kgfm. Veja na tabela abaixo.

Honda HR-V 1.8 EXL 140 cv/1.276 kg = 9,11 kg/cv 17,4 kgfm/1.276 kg = 73,3 kg/kgfm
Jeep Renegade Limited 1.8 139 cv/1.527 kg = 11 kg/cv 19,3 kgfm/1.527 kg = 79,2 kg/kgfm

Isso prejudica o desempenho do Renegade. Mesmo que de 2015 para cá ele tenha ganho coletor variável e maior torque em baixas rotações (o pico aparece a 3.750 rpm), o Jeep tem muito mais peso para carregar nas costas, sem contar passageiros, malas e afins. Basta ver seus nada empolgantes números de desempenho e de consumo urbano, mesmo com o sistema start-stop. Pelo menos o câmbio automático, o já conhecido Aisin de 6 marchas, se mantém suave e trabalha sem trancos. 

Jeep Renegade x Honda HR-V
Jeep Renegade x Honda HR-V

Mesmo mais lento, o Renegade é melhor para dirigir. A suspensão, independente nas quatro rodas, tem acerto que segura a carroceria mesmo nas curvas mais rápidas (até de forma surpreendente em algumas situações) e confortável, mesmo com as rodas de 19" e pneus 235/45. O HR-V, que tinha calibração firme e com reações mais diretas, foi para o lado confortável da força, para deixar de "bater seco" nos buracos. Até as respostas da direção do Jeep são mais rápidas e, além disso, é mais leve para manobrar. 

Compra e manutenção

Como lá em 2015, o Jeep custa menos. Embora mais equipado, o Renegade Limited custa R$ 103.490, contra R$ 108.500 do HR-V EXL, que até a chegada da versão Touring 1.5 fará as vezes de topo de linha. Essa diferença paga o IPVA do Jeep (4% em SP) e ainda sobra. Porém, o HR-V tem valor menor de revisões, feitas a cada 10.000 km ou 1 ano. No Jeep, são a cada 12.000 km ou 1 ano, o que acontecer primeiro. 

  10.000 km/1 ano 20.000 km/2 anos 30.000 km/3 anos TOTAL
Honda HR-V  R$ 290,71 R$ 463,90 R$ 611,00 R$ 1.365,61
Jeep Renegade 1.8 R$ 389,00 (12.000 km) R$ 704,00 (24.000 km) R$ 784,00 (36.000 km) R$ 1.877,00

Conclusão

Com o passar dos anos, Jeep Renegade e Honda HR-V se distanciaram. O Jeep percebeu que atendia um público mais jovem e descolado, com esse visual de jipinho diferentão dos demais do segmento, e se ajustou a isso em pacotes de equipamentos, visual e até na comunicação que faz com seus clientes. Para as famílias, ficou o Compass, que acabou se tornando o SUV mais vendido do país. 

Jeep Renegade x Honda HR-V

O HR-V agradou quem não estava muito preocupado com isso de ser jovem e descolado, mas não abriu mão do espaço para filhos, gato, cachorro e passarinho. Para ver o quão ele ficou conservador com o passar dos anos, basta ver que ele trocou desempenho e dinâmica para ficar mais confortável e suave. É como se dois amigos que estudaram na mesma escola tomassem rumos diferentes na vida. A escolha vai do seu perfil.

Fotos: Paulo Henrique Trindade e Leo Fortunatti

Fichas técnicas

  Honda HR-V Jeep Renegade 1.8 
MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, 1.799 cm3, comando único com variador de fase, flex dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, 1.747 cm3, comando único com variador de fase, coletor de admissão variável, flex
POTÊNCIA/TORQUE 140 cv(6.500 rpm)/139 cv a 6.300 rpm; 17,3 kgfm (a 4.800 rpm)/17,4 kgfm a 5.000 rpm 135/139 cv a 5.750 rpm; 18,8/19,3 kgfm a 3.750 rpm
TRANSMISSÃO câmbio automático CVT com simulação de 7 marchas, tração dianteira câmbio automático de 6 marchas, tração dianteira
SUSPENSÃO

independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira

independente McPherson na dianteira e multibraços na traseira
RODAS E PNEUS  liga-leve aro 17" com pneus 215/55 R17 liga-leve aro 19" com pneus 235/45 R19
FREIOS discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS
PESO 1.276 kg em ordem de marcha 1.527 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.329 mm, largura 1.772 mm, altura 1.586 mm, entre-eixos 2.610 mm comprimento 4.232 mm, largura 1.805 mm, altura 1.686 mm, entre-eixos 2.570 mm
CAPACIDADES porta-malas 437 litros, tanque 51 litros porta-malas 320 litros, tanque 60 litros
PREÇO

R$ 108.500 (EXL)

R$ 103.490 (Limited)
MEDIÇÕES MOTOR1 BR
    Honda HR-V 1.8 CVT Jeep Renegade 1.8 AT6
Aceleração    
  0 a 60 km/h 5,9 s 5,6 s 
  0 a 80 km/h 8,3 s 8,6 s 
  0 a 100 km/h 11,4 s 13,1 s 
Retomada    
  40 a 100 km/h em S 8,5 s 10,6 s
  80 a 120 km/h em S 7,6 s 10,4 s 
Frenagem     
  100 km/h a 0 38,5 m 42,8 m 
  80 km/h a 0 24,6 m 26,7 m 
  60 km/h a 0

13,5 m 

14,9 m 
Consumo    
  Ciclo cidade 8,2 km/l 6,8 km/l
  Ciclo estrada 10,8 km/l

10,3 km/l 

Galeria: Comparativo linha 2019: Jeep Renegade x Honda HR-V