O visual mudou pouco, mas o SUV ficou mais confortável em diversos aspectos

Logo depois do rival Jeep Renegade, o Honda HR-V chega à linha 2019. Mas, diferentemente do SUV da FCA, o japonês de Sumaré (SP) foi além da estética. A engenharia ouviu os pedidos e críticas de seus consumidores e fez mudanças técnicas no HR-V, em sua maioria, em prol do conforto. Mesmo sem receber o 1.5 turbo do Civic, o carro melhorou consideravelmente. 

Honda HR-V 2019 (Brasil)

O que é?

Atual carro-chefe da Honda no Brasil, o HR-V quer manter a ponta entre os SUVs compactos - a briga com Nissan Kicks e Hyundai Creta esquenta mês a mês. Para isso o japonês mudou levemente o visual, com luzes diurnas em LED (de série em todas as versões) e projetor para o farol baixo. O para-choque é novo (34 mm mais comprido), com os faróis de neblina assumindo formato redondo e mais amplo. O destaque fica para a grade cromada com o logotipo da Honda maior, seguindo a identidade visual aplicada nos demais modelos da marca. Há também novas rodas aro 17" (com desenho que divide opiniões) e lanternas em LED, que já existiam na versão Touring. mas em tom fumê. 

Honda HR-V 2019 (Brasil)
Honda HR-V 2019 (Brasil)

Por dentro, os bancos dianteiros ganharam novas espumas, com maior apoio para as pernas no assento e abas laterais mais pronunciadas no encosto, além de novos tecidos. O console central recebeu acabamento em black piano e um porta objetos mais amplo. A versão EXL tem iluminação nos três aros do painel e mantém a opção de sete cores para a porção central. A central multimídia com tela de 7" oferece espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto, além de GPS nativo nesta versão.

Em termos mecânicos, o motor 1.8 16V de 139/140 cv segue inalterado, mas a transmissão automática CVT foi reprogramada para ficar mais linear e suave. Por sua vez, a suspensão adota novos amortecedores, mais progressivos e com maior capacidade de absorver impactos. Até o isolamento acústico do HR-V foi melhorado pela engenharia, com mantas mais densas e novos materiais em outras áreas da carroceria. 

Como anda?

O HR-V sempre agradou pela boa dirigibilidade, especialmente em se tratando de um SUV. Por outro lado, seu público alvo não é tradicionalmente muito fã de suspensões firmes que, no caso do Honda, sacrificavam o conforto quando comparado à concorrência. Se por um lado o Honda era bom de curva, por outro batia seco nos buracos e transmitia mais impactos, vibrações e irregularidades do piso para a cabine. 

Honda HR-V 2019 (Brasil)

A primeira boa impressão do HR-V 2019 vem dos bancos. O assento ficou 15 mm maior na região dos joelhos, apoiando melhor as pernas e proporcionando mais conforto em longas viagens. No encosto, o apoio mais amplo para os ombros funcionou bem durante as quase três horas de viagem desta primeira avaliação. Até a densidade da espuma foi revista e melhorou a acomodação. 

Ainda na cidade, percebo que o câmbio CVT agora tem maior linearidade na subida de giros do motor, com melhor capacidade de simular marchas - perdeu o hábito de travar a rotação no alto mesmo quando não é necessário. Apesar do motor 1.8  ser o mesmo, seu ruído invade menos a cabine graças ao uso de novos isolantes acústicos, principalmente na parede corta-fogo. 

Honda HR-V 2019 (Brasil)

Na estrada, o HR-V continuou a mostrar que as melhorias fizeram bem a ele. O câmbio agora só trava a rotação apenas se você realmente pisar fundo, para uma ultrapassagem. E até mesmo as trocas manuais simuladas pela borboleta ficaram mais rápidas e próximas às de um câmbio automático tradicional. 

Honda HR-V 2019 (Brasil)

Os novos amortecedores do HR-V demoraram quase três anos para serem desenvolvidos. Agora com válvulas hidráulicas internas, as peças filtram melhor os impactos e acabaram com o chamado "fim de curso", muito comum no HR-V antes da reestilização. Enfrentamos ruas esburacadas e com paralelepípedos, onde ficou clara a mudança de comportamento, ficando próximo ao Jeep Renegade, uma das referências em conforto do segmento. 

Por outro lado, se você gostava do HR-V pela dirigibilidade, pode lamentar. A sensação de carroceria inclinando ficou maior em curvas fechadas, assim como o balanço em altas velocidades. Ao menos a direção, com assistência elétrica, mantém a boa comunicação com o condutor, passando confiança. A Honda diz que isso não afeta a segurança do SUV, já que ele mantém a mesma estabilidade no limite, mudando apenas a forma com que a carroceria se comporta. 

Quanto custa?

Esse primeiro contato com o HR-V 2019 se deu unicamente com versão EXL, que ganhou a maior quantidade de mudanças. Em termos de equipamentos, ela agora traz seis airbags, nova central multimídia com tela de 7" (as demais tem tela de 5"), acendimento automático dos faróis, retrovisores externos com rebatimento elétrico e detalhes cromados no interior, ou seja, tornou-se praticamente igual à antiga Touring, embora sem os faróis full-LED. Mantém os controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, sistema auto-hold para os freios, freio de estacionamento elétrico, ar-condicionado automático, piloto automático e computador de bordo. 

Pela EXL, o valor pedido pela Honda é de R$ 108.500 - mais que os R$ 103.490 do Jeep Renegade Limited 1.8 AT. A espera agora é pela versão Touring, que chegará somente em um segundo momento e, apesar da Honda ainda desconversar sobre isso, especula-se que com o motor 1.5 turbo do Civic. De todo modo, o HR-V avançou mais que o Renegade nesta primeira mudança dos dois. 

Fotos: duvulgação 

Ficha Técnica - Honda HR-V 2019

MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 16 válvulas, 1.799 cm3, comando único com variador de fase, flex
POTÊNCIA/TORQUE

140 (6.500 rpm)/139 cv a 6.300 rpm; 17,3 kgfm (a 4.800 rpm)/17,4 kgfm a 5.000 rpm

TRANSMISSÃO câmbio automático CVT com simulação de 7 marchas, tração dianteira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira
RODAS E PNEUS liga-leve aro 17" com pneus 215/55 R17
FREIOS discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS e ESP
PESO 1.276 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.329 mm, largura 1.772 mm, altura 1.586 mm, entre-eixos 2.610 mm
CAPACIDADES porta-malas 437 litros, tanque 51 litros
PREÇO  R$ 108.500 (EXL)

Galeria: Honda HR-V 2019 (Brasil)