Testes de impacto foram promovidos pelo Global NCAP

Representante da Renault no segmento de minivans de entrada em mercados emergentes, a Triber foi colocada à prova em testes de segurança recentemente promovidos pelo Global NCAP. Nas avaliações de impacto, a MPV alcançou 4 estrelas na classificação para ocupantes adultos e conquistou 11,62 pontos de um total de 17 possíveis. O resultado nesse quesito foi considerado satisfatório.

A proteção para o passageiro da frente foi considerada boa para aspectos como cabeça e coxas, e adequada para tórax e pernas. Quanto ao motorista, a proteção oferecida foi boa para a cabeça e pés, adequada para pernas e apenas marginal para o tórax e coxas. Além disso, a integridade da carroceria foi classificada como instável, incapaz de suportar cargas maiores.

Galeria: Renault Triber

Para ocupantes infantis, o resultado foi considerado apenas razoável: 3 estrelas e 27 de 49 pontos possíveis. A versão avaliada, vale lembrar, foi básica e equipada apenas com airbags frontais (nas variante mais caras, há total de quatro airbags). A configuração conta ainda com cintos com pré-tensores e freios ABS. Não há, porém, fixação Isofix, apesar da proposta familiar do carro.

Construída sobre a plataforma CMFA+ (a mesma do Kwid), a Triber mede 3,99 metros de comprimento, 1,73 m de largura, 1,66 m de altura e 2,63 metros de entre-eixos, além de possuir 182 milímetros de vão livre do solo. Internamente, há espaço para levar até 7 pessoas e, lá atrás, os ocupantes contam com saídas de ar-condicionado, apoios de braço e até tomadas. O porta-malas acomoda ao todo 625 litros, mas apenas 84 litros com os 7 bancos em uso.

Sob o capô, o motor 1.0 SCe de três cilindros entrega potência de 72 cv e torque de 9,7 kgfm. O câmbio pode ser manual ou automatizado, ambos de 5 marchas.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com