O modelo único tem estreia prevista para 31 de maio e seu proprietário ainda é desconhecido

Sabemos que o Chiron é um modelo único da Bugatti, e podemos dizer com tranquilidade que todos os clientes que entram em uma concessionária buscam personalizá-lo para ser uma versão totalmente exclusiva com os recursos opcionais oferecidos. Já o La Voiture Noire, novo modelo da marca, é a definição de exclusividade pronta, pois terá apenas uma unidade feita com fibra de carbono, totalmente incomparável.

O supercarro foi feito em homenagem ao modelo Type 57 SC Atlantic de Jean Bugatti, perdido durante a Segunda Guerra Mundial, e sua provável estreia será em 31 de maio. Para a preparação do lançamento, a Bugatti publicou algumas imagens do cupê sendo testado na pista. Também sabemos que foram investidas 65.000 horas de engenharia nesse projeto, o que equivale a sete anos e pouco mais de quatro meses. É muito impressionante e surpreendente ao mesmo tempo, considerando que o La Voiture Noire é baseado em grande parte no Chiron.

Bugatti La Voiture Noire track test
Bugatti La Voiture Noire track test

Anunciado como "a peça mais exclusiva de alta costura automotiva já criada", o Bugatti todo preto foi originalmente apresentado em março de 2019 no Salão de Genebra como um display móvel movido a eletricidade. Já em maio de 2021, o compartimento do motor agora hospeda o motor 8.0 W16 quadriturbo, desenvolvendo enormes 1.520 cv e 163,1 kgfm de torque.

A Bugatti descreve o La Voiture Noire como uma "peça de arte automotiva", que tem tudo para "sobreviver por séculos". Os números obrigatórios de consumo de combustível WLTP anexados ao post do Facebook com as imagens publicadas chega até a ser cômico. Não é nenhuma surpresa que se enquadre na classe de eficiência "G", dados os 4,5 km/litro no consumo combinado e uma emissão de CO2 de 505,61 g/km.

Já foi definido anteriormente que o La Voiture Noire é o novo carro mais caro do mundo, com um preço exorbitante de 11 milhões de euros (convertidos em R$ 71,6 milhões na cotação atual) sem adição dos impostos. A Bugatti não divulgou a identidade do proprietário do modelo único, mas sabemos que essa pessoa pagou cerca de quatro vezes mais que o preço de um Chiron "básico" pelo carro. Desta forma, o supercarro até faz com que o Chiron Super Sport 300+ (3,5 milhões de euros) pareça ter um preço acessível.

Podemos afirmar com certeza que os engenheiros da marca francesa não irão parar os trabalhos após o exclusivo La Voiture Noire ser lançado, e podemos esperar por outro supercarro sendo lançado ainda em 2021.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com