O SUV elétrico Volkswagen foi o vencedor na categoria principal enquanto Novo Defender ganhou em design

Uma vez por ano, um júri internacional de jornalistas automotivos se une, via internet, para eleger os melhores automóveis do planeta. É o prêmio mundial do carro do ano, o World Car Awards (WCA), realizado desde 2005 e que tem como base o neutro Canadá. Desta vez, foram 93 votantes, de 28 países (o único representante brasileiro é o repórter que vos escreve).

Na edição 2021 do WCA, cujos resultados foram anunciados ontem, o grande vencedor foi o Volkswagen ID.4, levando o troféu principal - o World Car of the Year. O ID.4 foi escolhido a partir de uma lista inicial de 14 carros elegíveis. Lançado na Europa, na China e nos EUA no ano passado, o SUV elétrico superou os finalistas Toyota Yaris (de quarta geração, que não é vendido no Brasil) e Honda-e.

Galeria: Volkswagen ID.4 2021

Segundo fruto da nova família de elétricos da Volkswagen, o ID.4 é um símbolo da acelerada transição da marca alemã para os carros "a bateria". Com 4,58m de comprimento, tem porte e estilo de um SUV convencional, tão ao gosto do mercado mundial. Instalado na traseira, seu motor rende entre 148cv e 203cv, dependendo da versão. A autonomia varia 346km a 522km, segundo o pacote de baterias escolhido. 

Já se fala até que o ID.4 será fabricado em Puebla, no México, já que as linhas de produção do modelo na China e na Alemanha não estão conseguindo atender à demanda.

AS OUTRAS CATEGORIAS

O Honda-e não ganhou o troféu principal mas ficou com o prêmio de World Urban Car, para carros compactos e de uso urbano. Produzido no Japão, o carrinho 100% elétrico tem visual retrô inspirado em seus ancestrais dos anos 70, como o Civic 1973. Na cabine, o saudosismo se une à tecnologia atual: telas digitais ocupam o painel de ponta a ponta. O melhor é que o Honda-e tem motor e tração traseiros - são 135cv a 153cv, dependendo da versão. Os outros finalistas foram as novas gerações do Toyota Yaris e do Honda Fit (que não chegaram ao Brasil).

honda e
Honda-e eleito como World Urban Car 2021

Na categoria World Luxury Car, para carros de alto luxo, venceu a nova geração do Mercedes-Benz Classe S, levando vantagem sobre os também finalistas Polestar 2 e Land Rover Defender. Pesou na escolha o alto nível de automação do modelo e itens pioneiros como airbags frontais para os ocupantes dos bancos traseiros, sem falar no luxo e no acabamento impecável.

Mercedes-Benz Classe S 2021 - Frente
Mercedes-Benz Classe S 2021 venceu a categoria de alto luxo

Em World Performance Car, para esportivos, foi eleita a nova geração do Porsche 911 Turbo (codinome 992). O icônico 911 evolui aos poucos, mantendo seu DNA e as características de supercarro que pode ser dirigido no dia a dia. Lançada no ano passado, a versão Turbo tem motor de 580cv. E há ainda a Turbo S, de 650cv. Os outros finalistas foram o vitaminado crossover Audi RS Q8 e o Toyota GR Yaris - este, aliás, foi uma bela surpresa, com tração integral e o motor de três cilindros mais potente do mundo (261cv)!

Porsche 911 Turbo S (Brasil)
Porsche 911 Turbo S venceu a categoria World Performance Car

Por fim, o World Car Design of the Year: prêmio para o novo Land Rover Defender, com suas linhas que conseguem evocar o passado todo-terreno, mas sem cair na armadilha do retrô. A equipe de Gerry McGovern caprichou em cada detalhe, como as lanternas traseiras e os materiais usados no interior. Assim, o novo Defender superou os finalistas Honda-e (olha ele aí de novo!) e Mazda MX-30 na categoria de melhor design do ano.

Teste: Land Rover Defender 110 P300 (BR)
Novo Defender venceu como World Car Design of the Year

A lista completa dos carros - com pontuações, regras e lista de jurados - está no site oficial do World Car Arwards

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com